Conheça - Eu Vi

Por Ana Silvia Soeiro

1 de novembro de 2018

A humanidade em sua maioria desde que se adquiriu o hábito de transmitir estórias via palavras escritas ou pela fala, descreve com precisão assustadora o “escuro”. Em sua maioria, para os povos mais primitivos, “ele” era um Deus ou entidade ligada ao mal, a coisas obscuras e indescritíveis. A série da Netflix Haunted ( Eu Vi, na tradução brasileira), trás à tona nossos medos.

Para os fãs de tudo que é Dark nesta vida (culpada!), nada te deixa mais curiosa do que ler logo na introdução: “a história a seguir é verdadeira”. E então a abertura com seres apavorantes baixa pra te deixar mais sedenta ainda. Cada episódio narra o “pesadelo particular” de pessoas comuns, que poderiam ser seus vizinhos ou amigos. Mas a história deles é super incomum.

A produção chamou o personagem principal de cada história, um ou mais amigos e alguns familiares para corroborar ou para ouvir em primeira mão os horrores que eles passaram. E aqui eu digo: não foram poucos, nem pequenos. Desde aparições, até entidades violentas e francamente malévolas. Com uma riqueza de detalhes que poderia fazer alguém desviar os olhos. Eu fui uma. 

O que achei chocante foi o episódio em que duas filhas contam como foi viver com um pai serial killer é uma mãe que participava dos crimes. Neste caso, houveram aparições, mas elas não chegaram perto da maldade humana. Geralmente pouca coisa chega. E na maioria dos casos, o problema com o mundo sobrenatural se misturava com problemas muito humanos. Realmente triste e notável.

Para finalizar, faço notar que a maioria dos protagonistas das histórias paranormais sofreu com a descrença e a intolerância alheias. Claro, vivemos em um mundo onde é mais fácil desqualificar, humilhar e ofender tudo e todos que não pensam como nós. Mas para quem tem esse costume nefasto, eu convido a dar uma olhada na série. Se isolar como o detentor do saber e não aceitar que o mundo é bem maior que sua bolha, pode impedir você de ajudar alguém e mais: descobrir um mundo novo. O Horror te espera, mas em Eu Vi , o novo também.
Comentário(s)
0 Comentário(s)