Primeiras Impressões - A Million Little Things

Por Rozany Adriany

15 de outubro de 2018


A Million Little Things, nova série de comédia dramática da ABC, conta a história de quatro amigos que se conheceram há anos atrás de forma inusitada enquanto estavam presos em um elevador e, a partir de então, construíram uma sólida amizade, até que a morte inesperada de um deles levanta questionamentos e mexe com sentimentos difíceis de lidar. 

A série já tem três episódios e conseguiu me prender de maneira surpreendente com todos os mistérios que rodeiam a trama desde os minutos iniciais. Além disso, acredito que o mais interessante é perceber que, mesmo tendo total confiança entre si em um grupo de amigos, nosso instinto natural é guardar para nós os sentimentos mais "perturbadores" que nos assolam cotidianamente. 

Afinal, apesar de todo o crescimento e avanço dos quatro amigos, cada um carrega consigo um sentimento de estagnação que só começa a ser compartilhado uns com os outros após a morte de um deles, uma vez que percebem que é necessário unir-se ainda mais para enfrentar certas situações da vida!

A série também traz temáticas bastante pertinentes como o câncer de mama masculino, depressão, sexualidade, perda, amizade, etc. E, além disso, os personagens também conseguiram agradar, cada um com suas particularidades. Gary, para mim, já vem sendo o melhor personagem. Ele é aquele cara brincalhão, que esconde seus medos com humor, mas que se faz presente e acolhe seus amigos com tanta verdade que é impossível não ama-lo à primeira vista.

No geral, acredito que a série tem grandes chances de ser o sucesso da emissora nesta fall, se souber trabalhar bem os plots que apresentou no início e não enrolar muito nos mistérios. Por enquanto, a pergunta que não quer calar é: qual o verdadeiro motivo da morte de Jon e o que Ashley está escondendo?

Vamos continuar acompanhando e quem sabe ao final da temporada não voltamos aqui para comentar os caminhos que a série seguiu! Por ora, tudo o que posso dizer é que vale muito a pena assistir, a trama é viciante!

Para instiga-los um pouquinho mais, confiram o trailer:

              
Comentário(s)
0 Comentário(s)