The Good Doctor - 2x01 - Hello (Season Premiere)

Por Elizabeth Silva

28 de setembro de 2018


Após uma primeira temporada tão elogiada e reconhecida, e sejamos sinceros muito merecida essa atenção sobre ela que saiu da mesmice de outras tantas séries médicas, que abarrotam os canais hoje em dia, e conseguiu trazer uma perspectiva mais humana e mais realista para a série. É a primeira série médica que me faz ter vontade de continuar assistindo e me emociona em todos os episódios.

O primeiro episódio faz uma ligação direta com a season finale passada, onde nosso, ou pelo menos meu, querido Jared está de saída do Hospital San Jose St. Bonaventure por ter feito a besteira de chantagear o hospital para conseguir seu emprego de volta, e no final de tudo se mudar para o Colorado. Foi uma surpresa para mim quando vi notícias que Chuku Modu (Dr. Jared Kalu) não iria retornar mais para a segunda temporada, e ver que a série teve a preocupação de trazer ele de volta para dar uma despedida carinhosa pra ele me deixou feliz enquanto chorava vendo ele partir.

Eu sempre gostei das leves interações do Jared com o Shaun, e este episódio trouxe mais um pouco dos dois trabalhando juntos e salvando a vida de um morador de rua. Uma coisa que sempre me agradou nessa série é o modo de reflexão mais sentimental que o Shaun acaba por transmitir as pessoas sem nem mesmo perceber, como ele fez novamente com o Jared neste episódio. A despedida deles dois me deixou mais emocionada do que a despedida do Jared e Claire.


Seguindo para os outros personagens, Dr. Andrews agora com o comando do hospital me deixa muito intrigada. Sem dúvidas ele é qualificado para o trabalho, mas ele em si me deixa muito incomodada, o seu caráter não é o dos melhores, e está dando algumas dicas de como quer sua equipe do hospital funcionando. Ele pra mim só perde pra insuportável Dra. Morgan, que terei que ter muita garganta para engolir essa mulher na série! Ela é metódica no que faz e sim, todos tem uma competitividade dentro de si se querem se destacar para ir muito mais longe, mas ela não é uma competidora justa e eu rezo para que ela caía de uma escada e saía de cena melhore seu caráter com o tempo. Ela ainda vai tentar ferrar muito com a vida da Claire, mulher abre os olhos perto da naja!

Agora temos a inversão de papéis, Dr. Glassman agora é paciente devido a sua doença cerebral (que eu claro esqueci qual é) que pode ser tratada, mas ainda sim custará muito do mesmo e de Shaun, que terá que cuidar dele ao invés de ser cuidado. Isso pra mim foi um dos pontos interessantes do episódio, Jared deu um empurrãozinho para que Shaun começasse a se questionar e avaliar que podia estar com seu grande amigo nesse momento difícil e entender que pessoas pode ajudar umas às outras de diferentes formas, não só médica. E este, na minha opinião, vai ser o ponto chave dessa temporada.

The Good Doctor voltou com um episódio um tanto mediano no quesito da rotina do hospital, mas ainda assim a sensibilidade para tratar com o sentimento das pessoas ainda está lá. Essa temporada promete trazer muitas surpresas (Olá Lea! Quanto tempo garota!) E muito, muito mais choro por aí... sim senhoras e senhores preparem os lencinhos!
Comentário(s)
0 Comentário(s)