Into the Badlands - 3x8 - Leopard Catches Cloud (Season Finale)

Por Alvaro Luiz Matos

1 de julho de 2018

Meu Deus, alguém poderia avisar os redatores de Into The Badlands que começar um episódio com MK só deve acontecer se for para vermos o funeral dele?

Bem, a season finale finalmente nos explicou como o mundo foi parar no caos atual, um colapso que aconteceu ao liberarem o dom, a civilização se perdeu e implodiu o egoísmo e orgulho que permaneciam “civilizados”. Basta entender que a sociedade entra em colapso por si só, afinal, temos o dom de destruir tudo e todos no primeiro desespero criado.

Já disse isso faz algumas semanas, mas um futuro distópico não parece ser tão surreal, afinal não foram os Zumbis que destruíram o mundo (em The Walking Dead), ou talvez um trio fundador dividiram o mundo em dois, onde só 3% tem direito a serem felizes (Em 3%), ou a sociedade não foi dividida em clãs sozinha (Aqui em Into The Badlands). Cito esses exemplos de séries para mostrar que, não é o caos que distorce a humanidade, mas a falta de humanidade na sociedade que, ao primeiro sintoma de caos, destrói a si mesma.

Bajie, talvez tenha sido o mais lúcido de todos ao perceber que não se aceita todo o preço que é imposto, uma vez que Sunny estava disposto a todo custo a salvar Henry.  Isso só me decepciona, é impressionante como ainda temos um protagonista muito pouco sensato.

Mas para fazer disso um contrassenso, os abades reaparecem para salvar Minerva (nossa querida Viúva) e nos da a entender que ela, Bajie e Sunny (ex portadores do dom) terão que lutar para salvar o mundo.

Algo que gostei muito foi ouvir a frase “Deixar sua guerrinha de lado”, afinal isso me da uma impressão muito grande de que o foco da série na próxima temporada será toda em cima do Pelegrino, que ao absorver as forças de Henry se tornou um monstro poderoso. 

Vale ressaltar que essa é a primeira temporada que termina realmente com um cliffhanger. O fim da primeira temporada foi muito “o que virá agora” e fora dos muros apenas tivemos uma caminhada perdida. Já ao final da segunda terminamos com Bajie chamando Erza e de alguma forma a série conseguiu ignorar isso (com uma desculpa besta) para começar uma temporada diferente da que esperávamos. Já dessa vez não tem muita saída, o inimigo está claro, portanto as expectativas crescem para um novo ano.

Obs.: Se Lydia morrer é um desperdício enorme para o roteiro, mas não porque ela não merecia, muito pelo contrário. Acontece que, a série poderia fazer dela uma perda sentida, mas no final fez dela uma personagem que foi ganhando antipatia. Morreria na hora errada, apesar de não ser uma personagem tão interessante.

Por outro lado, a morte dela seria bem vinda, pois a chance de continuarmos em uma guerrinha besta é maior com ela viva.

Comentário(s)
0 Comentário(s)