Into the Badlands - 3x6 - Black Wind Howls

Por Alvaro Luiz Matos

11 de junho de 2018

Depois de alguns episódios mais agitados, tivemos novamente um episódio com uma narrativa mais construtiva, que procurou dar andamento ao roteiro e desenvolver melhor os planos de nossos terroristas, digo, roteiristas.

Piadinhas a parte, tenho algumas dúvidas perigosas quanto ao roteiro que quero abordar com vocês. Vejam só, Sunny está viajando para encontrar um destino e uma cura para teu filho, mas o destino é baseado em sua confiança em Bajie e seus conhecidos. Acontece que, se curado, Henry, passa a ser só um bebê e Sunny fica totalmente fora do centro do roteiro, certo?

Bem, durante a segunda temporada, aconteceu praticamente algo parecido. Ele estava viajando a procura de salvação quando retornou ao centro do roteiro e milagrosamente fez parte da solução ou do “bum” da temporada. É exatamente esse o meu medo, que ele fique de lado tempo o suficiente para ser utilizado apenas como “Olha Sunny voltou, agora vai”.

Portanto, episódios que aprofundam melhor o roteiro em direção de Sunny e Henry tendem a serem cruciais para darem sentido maior ao arco central da série, seja ele qual for. Afinal, ele sempre se move por “amor”.

Dessa forma, tudo o que aconteceu no episódio foi providencial para unir alguns arcos, e coloca-los em rota de colisão. Sunny tem o futuro dele ligado a Erza, e nenhum vilão dessa série, até agora, esteve tanto no caminho dele, do futuro dele quanto o Pelegrino, e isso é o que faz com que essa terceira temporada já supere o “fiasco” que foi a segunda em termos de roteiro.

Partindo desse núcleo de roteiro, para o do Pelegrino e companhia, é interessante ver que os dons são reais, mesmo que as intenções deste casal pareçam um tanto obscuras. Sobre eles existem muitos mistérios, assim como existem sobre Erza, sobre o passado dos sombrios e suas origens. Enfim, talvez os roteiristas não saibam bem como revelar tudo isso, mas acertaram muito ao criarem toda essa atmosfera cheia de suspense e dúvida.

A única peça muito fora do tabuleiro, volto a repetir, é M.K. que a cada dia que passa nos incomoda mais com sua cara de bunda e falta de foco. No mais, todos os personagens tem sua relevância e geram interesse do público quando aparecem nas telas, mas nosso primeiro sombrio da série com toda certeza já cansou.

Sem muita agitação, e Sunny de novo parceiro, vamos juntos para o sétimo episódio da série.

Comentário(s)
0 Comentário(s)