Conheça - You Me Her

Por Rozany Adriany

25 de junho de 2018

You Me Her é uma comédia canadense-americana que tem 3 temporadas e conta a história de um casal entrando em um relacionamento à três. A série é a primeira comédia a trazer a temática das relações poliromânticas para a televisão, e trabalha a temática de uma maneira leve e divertida, porém, balanceando a seriedade que o tema pede de maneira pontual. A comédia trata também de questões como bissexualidade, e como não há um tempo exato para se descobrir e explorar novas experiências.

Jack e Emma são um casal suburbano de Portland que se encontram em uma fase delicada do casamento, desestimulados um com o outro. Jack então decide buscar um serviço de acompanhantes, o que leva Emma a fazer o mesmo, e para posterior surpresa do casal, os dois encontram a mesma acompanhante, Izzy. 

Os três se envolvem romanticamente e precisam lidar com todos os julgamentos e preconceitos com os quais se deparam ao saírem de sua bolha amorosa e mostrar-se para seus amigos e parentes, e claro, para o mundo. De início, o casal precisa até mesmo lidar com o seu próprio "preconceito" e desconstruir todo o molde no qual viviam até então. Assim como os três precisam moldar novos parâmetros para a situação. Afinal, todos sabemos que nada que envolva sentimento é algo fácil, não é mesmo? E se lidar com o sentimento à dois já é difícil, imaginem à três! Os três então precisam lidar com questões como ciúmes, inseguranças e aceitação.

A série trabalha os sentimentos dos personagens de maneira individual, assim como o crescimento de sua relação, e mostra também a história dos outros personagens envolvidos na vida dos três, como seus vizinhos, o irmão de Jack, e a melhor amiga de Izzy. Além da diferença de idade e objetivos entre Jack, Emma e Izzy, que é mais jovem que o casal.

As três temporadas da série estão disponíveis na Netflix, cada uma com 10 episódios de mais ou menos 30 minutos. E é uma boa pedida, não só para aqueles que gostam da leveza e diversão que as comédias nos proporcionam, mas também para aqueles que se interessam em conhecer melhor essa questão do poliamor e das relações não-monogâmicas.
Comentário(s)
0 Comentário(s)