Literatura em Foco - Contos Peculiares

Por Ana Silvia Soeiro

10 de maio de 2018



O escritor Ransom Riggs deu um belo presente aos fãs do gênero fantasia com sua trilogia O Lar da Senhorita Peregrine para Crianças Peculiares. Minha curiosidade ficou “de cara” atiçada pelo termo “peculiares”. Ao iniciar a leitura do primeiro livro fiquei hipnotizada pela aventura apresentada ao jovem Jacob, e pela forma como os personagens apareceram.

Ao finalizar a leitura da trilogia, é claro que você fica com uma saudade imensa dos personagens e eis que Ransom nos presenteou com os Contos Peculiares. Se você leu a trilogia, está familiarizado com as “ymbrines”, com os animais peculiares, mas ao ler os Contos, você tem um vislumbre de como várias histórias “começaram”, desde as fendas temporais, até a construção de um importante monumento londrino. É como se um livro complementasse os outros três.

Não sei se a ideia do autor foi apenas de complementar algumas histórias e preencher lacunas, mas em minha opinião com os Contos você ganha de presente um livro de sabedoria. Assim como os irmãos Grimm pegaram histórias terrivelmente pesadas e transformaram em “contos de fadas” para ensinar as crianças algumas lições valiosas, no dia de hoje Riggs conseguiu transformar um livro complementar em uma obra com preciosas lições de vida.

O livro nos presenteia com lições sobre aceitar a diversidade; ter cuidado com a ganância; aceitar que as pessoas precisam passar por algumas diversidades, faz parte da vida; amar sem medidas é o melhor remédio para qualquer problema; o poder da amizade; entre outras lições que hoje em dia precisamos passar adiante.

Os Contos Peculiares são um presente não apenas para os fãs da série, eu diria sem medo de errar, que são um presente para todos ao lembrar que os valores mais básicos da vida em sociedade precisam ser revividos constantemente e se você tem em mãos um livro lindo, cheio de histórias maravilhosamente interessantes e gravuras belíssimas vai adorar matar a saudade dos personagens, e descobrir nas entrelinhas das histórias as lições mais importantes da vida. E o mais legal: a cada vez que você relê, descobre algo novo. Coisa de gênio.

Comentário(s)
0 Comentário(s)