Conheça - The Terror

Por Ana Silvia Soeiro

20 de maio de 2018


The Terror é uma série do canal AMC que fala sobre a viagem de dois navios da marinha real inglesa em busca de uma passagem entre oceano Atlântico e oceano Pacífico. O único obstáculo que os navios e suas tripulações devem enfrentar é o clima do circulo polar ártico. Pelo menos é o que todos acham.

Como sempre minha busca por séries que fujam ao óbvio me levaram a encarar os dez episódios de The Terror e eu não me decepcionei. A produção é primorosa, a fotografia e o cenário são de tirar o fôlego e a série conta com um elenco encabeçado por excelentes atores e algumas surpresas bastante interessantes. Soma-se a isso uma trama muito bem construída. A série tem um título bastante sugestivo: The Terror – O Terror. Mas logo fica claro que o sobrenatural vem se aproximando do elenco e dos telespectadores com sutileza, até alcançar força total.

Por se passar, como dito anteriormente, em uma região inóspita, o telespectador corre o risco de achar que tudo na série vai ficar chato e monótono. Que os obstáculos que todos devem enfrentar como o clima, vícios, pensamento retrógrado, excesso de confiança na própria inexperiência levarão à um fim inevitável. Confesso que também pensei que a série poderia ser uma melhora de alguns filmes toscos de navios fantasmas. Mas o elenco e a trama sofrem um impacto enorme quando o sobrenatural finalmente se aproxima.

Destaco na série a atuação impecável de Jared Harris, como o capitão Frances Crozier. Creio que sem um personagem desse “quilate” eu não teria esperado tanto pelos próximos passos, perante o mal que se abate sobre a tripulação dos dois navios e faz com que os homens tomem medidas desesperadas para garantir a sobrevivência.

Por ser interessada em filmes, livros e todo tipo de produção sobre o sobrenatural, achei maravilhosa a maneira como ele foi inserido na série. O mal que todos enfrentam ali é palpável e bastante visível, mas como relatado anteriormente, graças às atuações sólidas e à trama bem elaborada percebemos um novo tipo de mal surgindo. Um mal que surge quando os seres humanos são expostos às mais duras provações e quando lhes falta algo mais importante ainda: caráter.

O final conseguiu me surpreender. Diante da ameaça do sobrenatural, dos obstáculos da natureza e da decadência do caráter em alguns, acreditei que faltava esperança. Que era uma série apenas de fatalidades, mas não, aprendi que mesmo em qualquer lugar pode haver esperança, respeito às tradições, resiliência e amor. Excelente show.
Comentário(s)
0 Comentário(s)