Primeiras Impressões: Life Sentence

Por Rozany Adriany

10 de março de 2018

Life Sentence, a mais recente estreia da CW protagonizada por Lucy Hale, é um drama cômico que irá mostrar as reviravoltas na vida de Stella após descobrir que está curada de um câncer que, ao longo de 8 anos de luta, ela já havia aceitado que a mataria. Além de Stella, vamos conhecer também seu marido, e sua família; e ver como eles também foram e são afetados por toda a situação.

O primeiro episódio traz muita informação, um tom divertido e bem gostosinho que, sem muito esforço, acaba nos encantando. Porém, algo que li e que concordo é que os episódios poderiam muito bem ter 20 minutos, assim como a maioria das comédias tem, e agradaria bem mais, afinal, a história seria melhor estruturada.

Ao conhecer todos os personagens somos apresentados a personalidades completamente diferentes e que prometem entregar um leque repleto de confusões, discussões e diversões. Afinal, todos sabemos que quando se trata de família temos tudo isso e muito mais. E nessa família temos: traição, mentiras, arrependimentos, ao mesmo tempo que temos também união e apoio. 

Sobre Stella em particular, o que eu percebi é que ela é aquela personagem que esteve há tanto tempo aceitando que iria morrer e vivendo conforme alguém que decidiu aproveitar cada segundo que lhe restava "dentro de uma bolha" (meio que sem se preocupar com as consequências de suas ações para aqueles que lhe rodeavam), que quando descobre que está curada e então acaba despertando para como tudo estava meio que desabando fora da bolha, começa a se questionar como lidar com a vida dali para a frente. E Lucy, com seu jeitinho meigo e amorzinho, conseguiu deixar a personagem ainda mais leve e fofinha, rs.

Uma das coisas que já posso dizer com propriedade que não gostei foi da narração constante de Stella durante o episódio. Não sei se foi algo apenas do piloto ou se todos os episódios terão essa dinâmica, mas se todos forem assim, confesso que me desanima! A verdade é que, no geral, a série é boa, é leve, divertida e muito amorzinha. É uma série muito boa para quando estamos cansados e queremos algo para descontrair e relaxar! Então, minha dica é que vale sim a pena dar uma chance ao piloto e a partir daí vocês decidem se adicionam ou não na grade! 

Ps. Uma das coisas que mais amei foi Ed Sheeran na trilha sonora!
Comentário(s)
0 Comentário(s)