Grey's Anatomy - 14x13 - You Really Got a Hold on Me

Por Rozany Adriany

9 de março de 2018

Após os resultados da competição do episódio anterior, o que vemos neste episódio é alguns pensando em como prosseguir com suas pesquisas, enquanto outros tentam salva-las antes que Kepner perceba que falta algo muito importante na questão, rs. 

É claro que a tentativa de Meredith em conseguir a patente iria nos arrancar algumas risadas, afinal, os novatos sempre dão um certo trabalho, não é mesmo? E as ligações de Madrid tinham que ser recebidas nos piores momentos, para melhorar ainda mais as situações, rs. 

A introdução de Ben, em seu novo emprego, e de Andy Herrera para o spin-off Station 19, ao meu ver, foram bem feitas. Enquanto Ben se mostra em um momento de certa "adaptação" (por assim dizer) ao se deparar com outro ângulo de trabalho ao chegar ao hospital; Andy nos agrada! Estava pensando em outra palavra, para ser mais sincera, porém, não consegui encontrar, rs. A personagem conseguiu mostrar à primeira vista uma certa intensidade que parece ser proveniente do sangue latino. E sim, já simpatizei com ela também por ter ajudado Grey conversando com o cara de Madrid. Além disso, me deixou sim ainda mais ansiosa para a estreia do spin-off no dia 22. 

Mas, voltando ao episódio... Como falei na review anterior, estava torcendo para que Amelia e Alex continuassem firme na tentativa de ajudar sua paciente e adorei que eles estejam fazendo isso! E, pelo visto, aos poucos estão avançando e tenho fé que encontrarão a solução para lidar com o tumor da paciente.

Por outro lado, Jackson percebe que algo está meio errado com Kepner que, resolveu afogar as mágoas na bebida, como todos nós (ou quase todos) já fizemos (e seguimos fazendo?) alguma vez na vida! Ao meu ver, o problema de Kepner não é nem que ela esteja se "divertindo" além da conta. O problema está em como isso é apresentado na série, uma vez que, a personagem é totalmente reduzida à "festeira". Uma coisa é mostrar como ela está mal pelo que vem acontecendo em sua vida, outra é reduzi-la a isso, como foi mostrado até mesmo com os comentários esdrúxulos dos internos.

Por fim, acredito que após alguns episódios leves, como os últimos que foram apresentados, a série já pode retomar o ritmo do início da temporada com os episódios que nos tiram o fôlego.

Ps1. Sobre o caso da vez, fiquei bem emocionada com o alívio da mãe e feliz ao ver que eles tinham conseguido salvar os dois meninos. 

Até a próxima, gente!


Comentário(s)
0 Comentário(s)