Blindspot - 3x13 / 3x14 - Warning Shot / Everlasting

Por Rozany Adriany

15 de março de 2018


Os trabalhos seguem em Blindspot e eu tenho uma leve sensação de que a equipe está meio que estagnada agora. Se há alguns episódios eu comentei que as coisas pareciam estar indo rápido demais, agora sinto que desaceleram demais, rs. Podem comentar "você não sabe o que quer, rs", talvez até seja verdade, mas a questão é que mesmo descobrindo o cabeça de tudo, muita coisa ainda está sem resposta, principalmente no que diz respeito aos planos de Roman. 

E, me parece que até mesmo o próprio Roman se perdeu um pouco ao se apaixonar pela filha do chefão. Afinal, em que outra situação ele não perceberia o perigo iminente no Brasil? Ou será que tudo faz parte de seu plano? 

Por outro lado, a saga de Jane e sua filha segue firme, forte e chata, como sempre! Ao mesmo tempo em que quer uma relação com sua filha, Jane tem medo de tomar a iniciativa e ir atrás dela, mas é Rich quem decide abrir seus olhos de maneira nada sutil, mas totalmente necessária ao dizer que ela é a adulta da situação e é ela quem deve ir até a filha e não o contrário. 

Falando em Rich, o personagem sempre dá uma elevada à dinâmica da série quando é mais trabalhado ao longo dos episódios e tem sido muito bom vê-lo mais presente e trabalhando junto com a equipe ao longo desta temporada. E o melhor é que conseguiram fazer isso sem que ele parecesse o típico personagem que muda completamente de lado e se torna outra pessoa. Rich não, por mais que ele esteja ajudando o FBI, a sensação que tenho quando ele aparece e se envolve nas maiores loucuras é que ele pode passar a perna na equipe a qualquer momento (mesmo que eu não queira que isso aconteça), simplesmente por sua personalidade continuar a mesma.


Já em "Everlasting" a aflição tomou conta do meu ser a todo momento e o episódio focado em Patterson deu muito mais que certo! A personagem viveu um deja vu quase que infinito após ser atingida por uma explosão no laboratório e não só teve que desvendar quem havia arquitetado isso, como também precisou passar por um processo de aceitação com relação a seus atos e suas perdas ao longo do seu trabalho. Tudo isso enquanto estava em coma e entre a vida e a morte em uma sala de cirurgia. 

E é claro que ela não só desvendou o caso como também acordou com uma nova perspectiva das coisas e com uma certa sensação que deixou a todos desacreditados. E o choque veio ao final ao vermos que sim, Patterson estava certa e Boden está vivíssimo e planejando algo grande! Mas, o que? Resta esperar para ver! 

Ps1. Se eu amei a fantasia de Patterson com o Roman? Momento mais engraçado do episódio, rs. E Weller e Jane com os papéis invertidos? Melhor deja vu ever, rs.
Ps2. Nas aparecendo em "Warning Shot" foi o único momento da série em que não odiei a personagem, rs. E algo me diz que ela ainda aparecerá de novo!
Ps3. Bem que aquele momento "Patterson Sincerona" poderia ter sido real e ela ter aberto os olhos de Reade para os sentimentos de Zapata, rs.
Comentário(s)
0 Comentário(s)