Em Foco no Oscar - Trama Fantasma

Por Janaína Guaraná

27 de fevereiro de 2018


O novo filme de Paul Thomas Anderson, Trama Fantasma, mostra o relacionamento do estilista Reynolds Woodcock (Daniel Day-Lewis) com a sua musa, Alma (Vicky Krieps). Tudo começou com uma simples admiração de ambas as partes e se desenrola em uma linha tênue entre o ódio e o amor. A partir daí a história se encaminha para um romance tóxico, que mais parece conflitos de interesse do que o simples sentimento de sentir apego por alguém. 

O enredo é situado na Londres dos anos 50. O renomado costureiro Reynolds Woodcock e sua irmã Cyril (Lesley Manville), estão no topo da moda britânica, vestindo a realeza, estrelas de cinema, herdeiros, socialites, debutantes e damas. Mulheres vem e vão na casa de Reynolds, entregando inspiração e companhia ao solteiro convicto, até que ele encontra alguém diferente de todas as outras, a jovem e determinada Alma. 

Woodcock, não só dá vida aos mais belos vestidos da Inglaterra, como dá personalidade a eles, quase uma vida própria. Para utilizar as peças de suas disputadas coleções, não é preciso apenas pagar por eles e sim merecê-los. No comando de um verdadeiro exército da costura, e de sua própria vida pessoal, Woodcock conta com a precisa ajuda da irmã também excêntrica, Cyril que sabe lidar perfeitamente com personalidade e individualismo do irmão. 

Deixando para os minutos finais as verdadeiras intenções de seu filme, Thomas Anderson cria uma autêntica viagem sensorial, onde a câmera passeia pelos ambientes do gigante casarão que abriga o domicílio e o ateliê do artista, tornando o expectador quase um fantasma pela paisagem escura e assombrosa que o enredo destila.

Esse é mais diferente dos filmes indicados ao Oscar, com referências no cinema antigo, a história do homem que deu mais valor a elegância e intelectualidade, ganha tons monótonos e tediosos. Essa pode ser (ou não) a despedida de Daniel Day-Lewis do cinema e brinda com uma atuação a altura de toda sua carreira.
Comentário(s)
0 Comentário(s)