Dragon Ball Super - 5x46 - Staking His Pride! Vegeta Challenges the Strongest!! (Episódio 123)

Por Alvaro Luiz Matos

7 de janeiro de 2018

2
Depois de um recesso de final de ano, estou aqui novamente para nossas reviews semanais de DGS.

Apenas para não passar batido, nos últimos episódios vimos um crescimento incrível dos Androides 17 e 18 (que me fez rever toda a saga de Dragon Ball Z que gira em torno deles), assim como enfrentamos um universo cheio de robôs e fusões esquisitas. Com isso até Freeza apareceu para ajudar, e ficou claro um desgaste muito grande por parte de Goku.

Passado esse resuminho feito apenas para tirar o peso da consciência, já que estive vez viajando a trabalho e vez pintando minha casa, o que lhes deixou sem reviews. Posso dizer que a saga vem empolgando e afunilando, culminando nesse esperadíssimo episódio 123. Bora lá?

Vamos começar com Freeza e o coelho falante. Freeza sempre foi um ícone criado em DGB, um guerreiro perspicaz, irônico e provocador, que, se bem utilizado, cria momentos de muitas risadas e belas batalhas. Para ilustrar que tal ele dizendo ao Coelho que a especialidade dele era fugir?
Bem, já disse isso em outras vezes, e se tem uma recorrente na série é que os vilões, vez ou outra entram para o time dos mocinhos a contra gosto. Picollo por muito tempo foi a reencarnação do mal e só parou de dizer isso quando se juntou à  Kamisama. Vegeta, até Madin-Boo aceitou ser vilão apenas para se tornar mais forte que Goku, sem falar que 17 e 18 já foram vilões e se tornaram finalmente bons parceiros de luta, mas será que Freeza é a bola da vez? Trata-se de um vilão histórico, que o roteiro e os quadrinhos nunca esqueceram e sempre o trazia de volta. Dessa vez temos algo acontecendo, mas será que no final ele não deve mesmo entrar para a equipe de vez?

Bem, para isso acontecer, precisamos primeiro vencer o torneio. A primeira parte do episódio foi meio decepcionante, não tivemos nem diálogos e nem batalhas interessantes, mas Vegeta criou um boom no episódio ao prever os movimentos de Jiren e entrar na batalha.

Mesmo assim, cá entre nós, estava esperando um episódio muito melhor. Se deixássemos a luta com Jiren um pouco mais para o final e focasse nas demais batalhas eu nem ligaria, desde que fossem batalhas menos redundantes e mais abertas. Acontece que Jiren já foi estabelecido como o mais poderoso e ficar insistindo em que ele vai bater quase sem levar é de uma chatice imensa. Ainda mais quando a batalha final começa logo por ele, tornando as demais lutas muito insignificantes.

Eu como roteirista focaria nas outras lutas primeiro, a do Freeza, Gohan e o Androide 17. E vocês?

Comentário(s)
0 Comentário(s)