Blindspot - 3x08 - City Folk Under Wraps

Por Rozany Adriany

11 de janeiro de 2018

Blindspot voltou com um episódio super tenso, e só para nos situarmos, após a equipe começar a trabalhar às escondidas, descobrir que foi Hirst quem realmente matou Stuart, chegar bem próximo de desmascará-la e então ela dar a volta por cima e matar a testemunha que eles finalmente haviam conseguido, Reade teve que fingir estar do lado dela para que a equipe continuasse o trabalho. 

Hirst está um passo à frente durante todo o episódio e um a um a equipe vai se "desmantelando" a fim de tentar encontrar provas reais contra a chefe, o que é extremamente difícil quando se tem todo um escritório de agentes atrás de você. E, aqui devo confessar que estou adorando a participação de Rich trabalhando com a equipe nesta temporada; o personagem é muito bom, totalmente cômico e a interação dele com Patterson está me fazendo ter mais um shipper na série (rs). 

Mas, voltando ao episódio... Para mim, embora ainda estejamos no início da temporada e, teoricamente, ainda tenha muita coisa para acontecer, o que, com certeza, significa um milhão de reviravoltas até tudo ser desvendado; este episódio parece ter sido um dos que mais nos revelaram coisas. Não só Hirst foi desmascarada, como também conseguimos saber um pouco mais sobre o real motivo de Roman estar se fazendo de bom moço para a moça do leilão.

Afinal, é claro que Hirst não seria a cabeça da história, não é? E, a relação está no fato do pai da moça ser alguém muito importante e, pelo visto, ser chefe de Hirst. O que ainda não sabemos é qual a verdadeira intenção de Roman. Desde o início sabemos que ele não elaborou todo esse plano apenas para afetar Jane, há muito mais por trás dessa história, afinal, qual é a lógica de elaborar um plano contra sua irmã e sua equipe do FBI e vez em sempre dar dicas para que eles resolvam os casos e as tatuagens?

Aliás, se inicialmente cogitamos que com os casos ele estava tentando apenas revelar segredos da equipe do tempo em que estiveram separados, parece que já passamos desse ponto, uma vez que agora com o caso do Stuart resolvido, a tatuagem levou a equipe até Hirst e essa tal organização.

Porém, o choque ficou por conta de Weller e o caso da filha perdida de Jane. O agente finalmente decidiu abrir o jogo com a esposa, mas o que a gente não esperava era o "eu matei a sua filha". E eu não tenho nem palavras para dizer o quanto fiquei revoltada com o episódio acabando assim. Será o fim de Jeller? Por que Weller matou a filha da Jane? Quem era ela? Definitivamente precisamos saber mais sobre esse plot. Então, até a próxima review! 
Comentário(s)
0 Comentário(s)