This Is Us - 2x09 - Number Two

Por Janaína Guaraná

27 de novembro de 2017


Em certo momento da vida, a gente acaba presenteado, achávamos que não seriamos, que nossa história seria diferente das tradicionais, que nossos caminhos seriam percorridos sozinhos, que nossa história em um dia desses chuvosos e bem calmo acabaria. Mas, o destino brinca com os sonhadores e permite um gostinho de vitória quando na verdade é só mais um teste. 

Alguns dizem que na vida somos marcados pelas coisas que perdemos, que o " e se" abre um milhão de portas e a gente sonha com todos os desfechos dessas histórias, se não tivéssemos perdido. A verdade é que somos feitos e perdas e de vitorias, algumas marcam mais que as outras, mas não somem, são marcas que sempre estarão ali. 

Há os que dizem que na vida somos reflexo de quem amamos, a soma dos amores que vivemos, dos sonhos que guardamos e dos amigos que fizemos, das músicas que dançamos, das bebidas que deixamos no copo e das lagrimas que escondemos. Ninguém fala dos traumas que guardamos, das guerras que travamos na própria cabeça. 

Por mais que a vida nos abrace com as durezas diárias, existem aqueles encontros de alma, pessoas que conseguem ser calmaria na tempestade, sol em dia de chuva, a imensidão do mar azul em dia de sol, que a presença é calmante e o toque é cura. Existem amores, mas no caso aqui é Mãe, é estar e não dizer nada, é acalmar só por estar. 

Kate é a número dois, mas é só um sentimento, pois sabemos que ela era a número um, para os pais e para os irmãos, é para o Toby. É tão sutil, tão milagre que não precisa de força bruta, é aquela força que transforma, que renova e dá forças para seguir. É aquele sopro de vida no fim do dia, quando achávamos que tudo estava perdido.
Comentário(s)
0 Comentário(s)