Scandal – 7x4 - Lost Girls

Por Dilma Oliveira

6 de novembro de 2017


O episódio da noite, "Lost Girls", foi a continuação do corredor da Liv, enquanto eu tive que ver por mais uma Olivia tentando lidar com seus sentimentos por Fitz. Várias temporadas depois, todos sabem que vão acabar na cama, enquanto os amantes intermitentes se encaminharão para este enredo. A atuação atual de Olivia e Curtis Pryce, um anfitrião do programa de entrevistas político em horário nobre, preocupam-me cada vez mais com a facilidade com que Olivia Pope e seu pai, Rowan Pope, recorrem a indignação justa, discussão com gritos, para mim é bem desnecessário as vezes. Sempre que Olivia joga seus cabelos, e levanta a voz para quem está em seu caminho, não está ouvindo ou concordando com ela. Gritar para assustar um aspirante a atacante ou sequestrador e chamar a atenção para si mesmo é útil.

Ninguém pode culpar Scandal por passar tanto tempo remendando um relacionamento mais importante a tempo para o final. Ficou claro que, desde o piloto, essa parte do jogo final do show envolveu Olivia e Fitz deixando toda a loucura para se concentrar em amar uns aos outros. Mas cara, teria sido ótimo se tudo isso tivesse sido estabelecido antes do início da temporada final. E se, em vez de colocar Fitz em um relacionamento com uma diretora do FBI que presumivelmente foi varrida da série, Olitz decidiram no final da temporada passada para dar um tempo no relacionamento? Ele finalmente está livre da Casa Branca e a mancha de sua infidelidade foi lavada, o que com Olivia atualmente em um casamento político com seu antigo rival romântico. E se Liv tivesse que descobrir como governar o mundo e manter seu relacionamento intacto?


É uma questão que vale a pena perguntar porque "Lost Girls" gasta muito tempo criando um caso para que Olivia e Fitz possam se reunir, como se alguém ainda assistisse esse show precisa ser convincente. Não só isso, o episódio molda Fitz como algum tipo de amuleto mágico que pode quebrar o feitiço maligno que começou a controlar o corpo de Olivia quando ela canalizou todo esse dinheiro para B613 e o pequeno buraco escondido da Casa Branca de Jake. Eli Pope continua sua difícil venda para Fitz, instando-o a encontrar um caminho de volta para a vida de Olivia, porque apenas seu amor por ela será suficiente para levá-la para fora do lado negro. Quando Marcus fica energizado pela história de uma série de garotas negras desaparecidas cujas histórias conseguiram cobertura de imprensa inadequada, Eli e Fitz pensam que eles têm apenas a causa positiva certa que lembrará Olivia por que ela prefere o chapéu branco ao preto.

Mas aqui está o primeiro problema com isso, Olivia Pope não precisa ser resgatada. Se eu tivesse que ganhar alguma aposta por cada vez que ela falasse que não precisa ser resgatada desde que a série começou, eu teria um bom $ na minha conta. No inferno, ela poderia ter mencionado não precisar ser resgatada quando ela estava literalmente presa por um resgate de nove figuras. Se uma reconciliação de Olitz estiver adiante, não deveria acontecer porque Olivia decide que quer Fitz em sua vida? Certamente, isso é melhor para o personagem de Olivia do que essa noção de que a santidade de Fitz e o irresistível pai Pope são a o que ela precisa para se afastará do poder corruptor da B613.


Marcus vai a Casa Branca para falar com Mellie, mas Olivia não tem tempo para isso. Ele quer conversar sobre as meninas desaparecidas, mas Olivia também não tem tempo para isso. Enquanto ele sai, Olivia pergunta sobre Vermont, o que Marcus diz que é "frio e branco", e quando Olivia pergunta sobre Fitz, Marcus diz: "Frio e Branco. Marcus é o cara bom que não merecemos. Naquele momento, eles conseguem pessoal o suficiente para que Olivia volte para a OPA, agora QPA, e veja todas aquelas garotas na janela. Tantos que ela não pode aceitar. Mas ela vem com um plano: Coloque a mãe de Zoe lá fora. É uma lição sobre como fazer funcionar como era antes.

No QPA, eles mergulham no caso dessas meninas desaparecidas porque os gladiadores é tudo sobre vestir o chapéu branco novamente. Essas meninas são todas meninas de cor, e isso faz parte do problema, porque se uma criança não é branca, Elizabeth Smart ou JonBenét Ramsey alguém se importa? É um problema real, e é bom ver o Scandal parar de ser o presidente do homem branco com uma arma em Vermont e abordar o que está acontecendo no mundo. Olivia fala com Jake sobre isso, mas ela não está disposta a muda. Enquanto isso, Fitz se encontra com Rowan, que diz que este caso com as meninas desaparecidas não é suficiente para Olivia. Ela tem que se apaixonar por Fitz novamente porque ele é o queijo.


Para ser justo, "Lost Girls" está fazendo malabarismos já faz e tempo. Além da luta pela alma imortal de Olivia, o episódio também encontra Liv e Mellie em desacordo sobre como lidar com uma insurgência armada em Bashran que deixou o presidente Rashad sem um país para governar. Mellie quer enviar tropas para reprimir a insurgência, mas Olivia teme que sua decisão seja informada por sua crescente atração romântica pelo próprio Rashad. (Você não pensaria que Olivia perguntaria a primeira mulher presidente se ela estiver fazendo um apelo à política externa com base em uma paixão, mas aqui estamos até porque isso já aconteceu com ela). No dia seguinte, depois de ter passado a noite com o ex-presidente Olivia vai ver a Senhora Presidente, Mellie. Olivia preparou dois resumos aceitando a ajudar. Mellie admite que ela tem sentimentos por Rashad, mas ela NÃO é uma adolescente escrita em seu diário. Cyrus Beene também tem uma atração crescente para Fenton Glackland, o estranho tecnológico que o deu a Pintura de US $ 100 milhões. Que estranho que os dois mais recentes romances potenciais no show sejam mais interessantes do que o que o público deveria se preocupar a ver? Pelo menos agora que Liv e Grant quebraram o gelo com sexo (que isso já é super normal) da moda antiga.



As meninas ficcionais perdidas neste capítulo foram Olivia e Mellie. Pope é, presumivelmente, a mulher mais poderosa da terra em seu papel na Casa Branca, no entanto, quando Fitz vem e volta, certamente eles têm de ficar juntos mesmo aos gritos. Por que a primeira mulher presidente foi escrita como uma divorciada cujo julgamento pode ser comprometido por causa de um homem? Meninas podem correr o mundo, mas Scandal nos lembra dolorosamente que não podem fazê-lo sem o conforto de um homem.

Ps1. Porque as pessoas ainda chamar o merdinha do Fitz de presidente?  Qual a dificuldade dessas pessoas?


Ps2. Será que vamos ter um triangulo amoroso ente Mellie, Marcus e Rashad? Seria até interessante mas imagina o escândalo.
Comentário(s)
0 Comentário(s)