Arrow - 6x04 - Reversal

Por Bruna Horta

6 de novembro de 2017

Finalmente a série conseguiu uma trama intrigante sem ser megalomaníaca. 

Cayden James é inegavelmente um dos melhores vilões que Arrow já recebeu. E conseguiu tudo isso sem superpoderes ou com força bruta: genial. E isso ataca diretamente o principal pilar que sustentou a série por todos esses anos: Felicity. A hacker tímida e espevitada do primeiro ano, deu lugar a uma mulher forte que com sua capacidade e agilidade nos teclados e computadores, carrega a equipe muitas vezes nas costas, além do suporte emocional para Oliver. Bem, mas parece que a intenção da série esse ano será colocar todos da equipe à prova, e Cayden veio para deixar a senhorita Smoak vulnerável, ao mostrar que está 2 passos à frente dela. 

O aparente ataque para derrubar a internet nada mais era que uma forma de tentar se livrar de cometer um crime cibernético, ao retirar o firewall do cofre geral da internet. Quem fez isso foi Felicity e o motivo intriga. Por que deixar a rede vulnerável e não derrubá-la de vez? Quais os futuros planos de Cayden se aliando com a Sereia Negra? E como ele ressuscitou a meta-humana? E ainda, o que Argus fez para mudar tanto um ser humano em suas dependências? Será que o plano de Cayden é algo maior ou uma vingança surgirá contra Oliver? 

Tantas perguntas ficam e provam que a trama deixa intriga de forma positiva e não entrega mais as informações prontas. Os espectadores ganham suspense e um desenvolvimento mais lento dos acontecimentos. Só não podem abrir tramas demais e deixarem pontas soltas. No episódio passado foi mostrado a droga que Dig está usando para o tremores e também o plebiscito sobre os vigilantes na cidade e nenhum dos assuntos continuou nesse episódio. Espero que a trama de Slade, aberta no final venha complementar alguma dessas, ou será mais um assunto a se resolver. Preocupações à parte, foi interessante ver a inversão de papéis entre Oliver e Felicity, reforçando a ligação do novo-velho casal. Além disso, o time está trabalhando de forma mais conjunta ainda, vide a invasão do cofre e isso será o legado mais importante que John Diggle poderá criar, caso Oliver volte a assumir o manto em breve.
Comentário(s)
0 Comentário(s)