This Is Us - 2x05 - Brothers

Por Janaína Guaraná

25 de outubro de 2017


A vida é cheia desses paralelos, enquanto uma vida se vai, outra chega. E pensar que não importa quando aconteceu, as marcas deixadas com a partida e chegada de uma vida são eternas. De um lado temos tudo o que vivemos somos, erramos e fomos, em contrapartida, temos uma chance de ser, acertar e mudar. Se pudéssemos durante nossas vidas fazer uma retrospectiva, veríamos que o prenuncio de uma chegada ou partida muda completamente nosso humor. 

Sobre as chegadas, é poder finalmente acreditar em algo. Mesmo, que tudo seja contra, que todas as possibilidades, seja negativa, tem aquela centelha lá no fundo dizendo que pode acreditar, que dias melhores virão. Enquanto as partidas carregam em si aquela nostalgia, das coisas que vivemos e que agora novas histórias, novas pessoas e novos sonhos viverão. 

This Is Us, é sobre a vida, sobre mim e sobre você, irmãos, pais, amores e sonhos, é sobre a gente. Acontece, que o mundo que vivemos é muito particular e quando nos encontramos prestes a viver no mundo de alguém, todas as coisas novas e diferentes nos enchem os olhos, nos enchem de medo e de ânimo. Para se fazer parte do mundo de alguém é preciso permissão, não basta querer, se esforçar e ser o máximo, a pessoa precisa querer. Entender isso é respeitar os limites, e deixar que essa permissão aconteça com o tempo. 

As dores que sentimos, seja na pele ou na alma, é consequência de estar vivo, e já que vivemos em grupo, dividir essas dores faz o processo de cura ser mais rápido, enquanto guardá-la só para si amplifica sua potência. Seja no joelho ou no coração, sempre temos alguém para falar sobre. Não falar, diz muito sobre a gente, sobre o quanto gostaríamos se sermos suficientes para nós mesmos, mas, isso nunca deu certo. 

This Is Us, traz a superfície sentimentos que deixamos escondidos na correria diária, a saudade de um irmão, as coisas que temos que fazer por nós mesmos, todos os momentos ruins do passado são embaçados pelos momentos bons, as coisas que vivemos sempre valem a pena.
Comentário(s)
0 Comentário(s)