Cinema em Foco: Estrelas Além do Tempo

Por Ellen Joyce Delgado

20 de outubro de 2017


O filme hoje segue a realidade de uma cultura ainda presente nos dias de hoje – não com a mesma força. De início, já digo: Elas também têm a força! 

Filmes com relevância de tempo e espaço ganham muito minha atenção. Esse enredo todo prescreveu uma realidade fincada nos anos 1960. O longa “Estrelas Além do Tempo” traz a história de três incríveis matemáticas, negras, que, por essa casualidade, viviam o modismo do preconceito dentro da NASA - e do mundo. 

Essa história mostra o poder e a estupidez humana e como esse ato nos trouxe tanto atraso no processo evolutivo. Mas, não espere essa única questão dentro do enredo. Na prática, tínhamos três mulheres, lembram-se? 

Lá estavam Katherine Johnson, Dorothy e Mary Jacokson – as quais, no fim, merecem ser aplaudidas em pé! Elas trouxeram toda a coragem que um mundo todo não tinha. Além de vestirem um fardo por conta do preconceito racial, tinham mais uma dificuldade pela frente: eram mulheres – claro, era muito irrelevante ser mulher e possuir um cérebro. 

Elas buscavam espaço dentro do centro de pesquisa. Almejavam participação nos maiores projetos da NASA, mas os estereótipos as inundavam de sombras. 



Criando toda essa visão diante da cultura afrodescendente, tínhamos o homem branco. Aquele, portador de maior dignidade e direitos de participação, ou expressão. Aquele que realmente deveria representar o modo "figura opressora". 

Acredite, o ato de separação racial era comumente executado pela sociedade, e a produção nos deixa isso bem claro. Temos a prática de banheiros sociais classificados por cores e sexos. No meio de toda essa postura ideológica, a produção cinematográfica mostra um grito de socorro ao mundo atual. As atrizes trouxeram muito bem suas representações práticas. 

A disputa de todo o enredo era a descoberta de um novo plano espacial para os Estados Unidos. Havia, alí, uma forte luta travada contra a União Soviética. E vindo de uma produção patriota, claro que obtivemos um bom resultado quanto ao problema central. 

Partindo de toda essa conjuntura, Estrelas Além do Tempo nos traz histórias de figuras escondidas. Foram todos fatos, mas o mundo nem sempre nos mostrou todo o contexto. O longa não produz a melhor encenação, mas nem por isso merece ser esquecido. 

Vale sempre lembrar que TODOS somos seres humanos, e essas incríveis mulheres nos mostraram isso da melhor forma: Intelectualidade e Identidade! 

Data de lançamento 2 de fevereiro de 2017 (2h 06min) 
Direção: Theodore Melfi 
Elenco: Taraji P. Henson, Octavia Spencer, Janelle Monáe  
Gêneros Drama, Biografia 
Nacionalidade EUA

Comentário(s)
0 Comentário(s)