The Last Ship - 4x05 - Allegiance

Por Rozany Adriany

15 de setembro de 2017

Olá, gente! O episódio desta semana serviu para colocar as coisas no eixos e para levar Tom Chandler a tomar uma decisão mais que importante!

Agora em posse das sementes, a missão é levá-las de volta aos EUA para que os cientistas possam trabalhar em transformá-las em alimento para toda a população. Mas, todos sabemos que as coisas não seguem um curso tão fácil assim, e é claro que nossa equipe do Nathan James irá passar por momentos meio complicados para isso e as complicações vem de vários lados.

Primeiro, o problema estava em decidir que caminhos seguir, uma vez que a preocupação com Giorgio e seu pessoal é ainda mais evidente, já que sabemos que eles não irão desistir das sementes assim tão fácil. E a primeira prova disso veio de onde menos esperávamos! 

Óbvio que quando vemos um pedido de resgate, sabemos que ele não está ali por acaso e alguma relação com toda a história teria. Por um lado, serviu para vermos que Burk está bem abalado com a explosão da criança bomba que aconteceu nos primeiros episódios e isso está sim afetando seu trabalho no navio e nas missões; e por outro lado, nos serviu também para adentrar um pouco mais na história de Fletcher, o agente britânico, personagem que foi inserido na temporada, mas que ainda não havia tido nenhuma história mais aprofundada, o que parece que irá acontecer a partir de agora!
E com relação a isso, ainda não consigo dizer ao certo se ele irá atender às ordens dos britânicos (que agora estão querendo um acordo com o pai de Giorgio), ou se irá ser influenciado pelos meses em que passou trabalhando no Nathan James. Aliás, ainda não tivemos nada que comprovasse isso, mas nada me tira da cabeça que ele e Sasha estão envolvidos. A troca de olhares e risadinhas é algo bem evidente! E, obviamente, o clima ficou até mesmo um pouco tenso com a volta de Chandler, vocês também perceberam?

E, por fim, voltamos à questão da volta de Tom. O Capitão passou todo o episódio observando a situação e com a pressão de tomar a decisão de voltar ou não a exercer sua função no navio. Bem, acredito que o resultado final já era evidente desde o começo, mas também entendo que foi necessário para o personagem essa percepção de que a tripulação realmente foi abalada com sua saída e realmente precisa dele para se reestruturar "emocionalmente" falando. 

Claro que a recepção não seria 100% calorosa, mas só posso dizer que foi emocionante vê-lo refazer o juramento e passar um sentimento de segurança à sua equipe. Agora, após esse episódio que nos direcionou às próximas situações e foi, na minha opinião, o mais leve desta temporada até o momento, só nos resta esperar para ver o resultado dessa briga que está sendo proposta contra Giorgio e cia. 

Até o próximo episódio então, gente! 

Ps1. Tom relembrando Tex e se desculpando com sua filha foi bem legal. Aliás, ela não nega de quem é filha, não é mesmo? rs
Ps2. Slaterry foi bem afetado pela tal droga Nostos que, eu espero, que não o leve a um plot relacionado a estar viciado, porque já o quero de volta no comando ao lado de Tom.  
Ps3. Se tem uma coisa que Tom Chandler precisa é ser respeitado, meu povo! 
Comentário(s)
0 Comentário(s)