Lista em Foco - Melhores Séries da Marvel e/ou DC

Por Unknown

11 de agosto de 2017


Depois da galera aqui do site sair no tapa para decidir quais filmes são os favoritos, que fazem nossas pernas ficarem fracas, vem o segundo round, quais séries das poderosas MARVEL e DC (nem tão poderosa) são as que merecem todo nosso amor? 

O padrão Séries em Foco de qualidade vocês já conhecem e todo esse universo que nos transporta para um mundo de magia, heróis, mocinhas que precisam ser salvas (SQN, vide Agent Carter, Mulher Maravilha e Jessica Jones), Deuses e Semideuses, universos a serem extintos e o mais importante; heroínas, portanto, sabem que é difícil escolher a favorita sem deixar hematomas e olhos roxos, mas nós conseguimos:


1. Daredevil é uma série da Marvel, em parceria com a Netflix, traz à vida a história de Matt Murdock (Charlie Cox), vítima de um acidente que o deixou cego quando adolescente. Entretanto, a mesma eventualidade concedeu-lhe superpoderes sensoriais. Matt abre seu escritório de advocacia na perigosa Hell's Kitchen, onde luta por justiça: de dia como advogado, de noite como o Demolidor, o guardião das ruas de Nova York. 

Como esperado, a série se baseia no começo da carreira do Demolidor, tanto como advogado quanto vigilante, mostrando sua relação com personagens icônicos das HQs e construindo a personalidade que tornou o herói famoso. Aqui vemos debates sobre moralidade e justiça. Matt Murdock se mostra inteligente e capaz desde o início e Charlie Cox entrega uma atuação completa, no papel de homem cego e vigilante incansável. A série é um sucesso de público e aclamada pela crítica, mostrou uma trama sólida e um visual arrojado, e não ficou devendo em nada para o universo cinematográfico da Marvel. (Por: Janaína Guaraná)



2. Jessica Jones ousou fazer diferente no universo das séries de herói e mostrou que, definitivamente, não veio fazer mais do mesmo. Soube aproveitar com maestria o caminho aberto por Demolidor na Netflix para conquistar seu espaço como uma das melhores séries de herói atualmente.

Assim como Demolidor, a série se passa no sombrio bairro de Hell's Kitchen, em Nova Iorque, e consegue transmitir exatamente o tom mais sombrio da produção. Jessica não é uma mocinha indefesa,  ela é a protagonista, uma super-heroína por acidente, mas acima de tudo, uma mulher real, cheia de problemas, que vem sendo consumida por traumas do passado e que se utiliza de bebida a até mesmo do sexo para tentar passar por seus dias. 

A Netflix acertou muito ao produzir uma série tão rica em história, dramas e traumas para um público mais adulto. A série cumpre muito bem com o seu papel de atingir esse público e consegue fazer até os não tão fãs de heróis se interessarem por uma mulher real, cheia de problemas e falhas. E como se tudo isso já não fosse o suficiente, a atuação de Krysten Ritter e David Tennant, esse na pele de um dos vilões mais incríveis, valem cada episódio. (Por: Lorena Alvarenga)



3. Agent Carter é aquela série que teve apenas duas temporadas em 2015 e 2016, mas que, praticamente todo mundo que assistiu vive na eterna esperança de que a série retorne com novas temporadas, de tão boa que era. A série conta a história da queridíssima e fodástica agente Peggy Carter, após os eventos ocorridos no primeiro filme do Capitão América. 

Mesmo Peggy tendo um importante papel por trás de todo o trabalho com Steve, na série ela tem um novo emprego na chamada Reserva Científica Estratégica, onde é tratada como telefonista e totalmente desvalorizada pelo simples fato de ser mulher. Mas, Peggy não se deixa abalar por todo o machismo gritante da época e, quase que secretamente, trabalha junto com Howard Stark e seu mordomo Jarvis, a fim de limpar o nome de Stark quando ele é acusado de traição ao vender armas ilegalmente. 

A série tem um total de apenas 18 episódios que foram muito bem elaborados e desenvolvem mais à fundo a história da primeira personagem feminina importantíssima para esse universo de super-heróis, mesmo ela não tendo nenhum super poder. Peggy Carter sempre mostrou muita força, autenticidade e uma necessidade enorme de simplesmente fazer seu trabalho, não para provar nada a ninguém, mas por querer fazê-lo. Ah, e não dava para não comentar sobre a relação dela com Jarvis que é, sem dúvida, um dos pontos altos da série por todas as tiradas bem humoradas que entregam, sem falar é claro do sotaque britânico maravilhoso dos dois atores (a diva Hayley Atwell e o querido James D'Arcy) que é mais um bônus para o show.

E é por tudo isso que Agent Carter entrou nesta lista, então, se você ainda não assistiu à série, corre lá dar o play porque ela é sensacional e vocês não irão se arrepender. (Por: Rozany Adriany)




4. Arrow - Não adianta revirar os olhos. Acabe com o preconceito infundado, porque a série está sim na lista. 

Por mais que Arrow tenha ficado marcada negativamente pelos percursos mal traçados e histórias desenvolvidas de maneira equivocada nas temporadas 3 e 4... é com total convicção que afirmo que se não fosse Arrow abrindo portas, talvez não tivéssemos tantas séries de heróis na TV hoje. 

Para quem não conhece, a adaptação para a TV é baseada nos quadrinhos do Arqueiro Verde, personagem da DC Comics e é transmitida pela CW. 

Oliver Queen é um playboy milionário que naufraga em uma ilha na costa chinesa chamada Lian Yu, que significa purgatório. Ele fica por lá durante 5 anos, nos quais vive um inferno para sobreviver e toda sua forma de agir e pensar é modificada. Ao retornar para Starling City se torna o Capus e depois Vigilante, Arqueiro e só então, Arqueiro Verde. O super-herói sem magia, que combate o crime e os vilões só com sua força, inteligência, recursos financeiros e claro, uma super equipe... quase como o Batman. Não é a toa que dois personagens tão sombrios e parecidos sejam tão queridos pelo público. (Por: Bruna Horta)


E para vocês, quais são as melhores séries desse universo de super-herói da Marvel e/ou DC? Concordam com nossa singela listinha? Deixem seus comentários aqui abaixo e até o próximo lista (aliás, suas sugestões de temáticas para as próximas postagens são super bem-vindas)!


Comentário(s)
0 Comentário(s)