Atypical - 1x01 - Antártida (Season Premiere)

Por Juliana Pereira

18 de agosto de 2017


Para quem não conhece nada sobre autismo, o primeiro episódio nos dá um bom contexto de como funciona a vida de um autista. Sam tem uma mãe superprotetora, um pai que não sabe muito o que fazer em relação ao filho e uma irmã carinha, aliás, é a única que trata Sam com mais normalidade dentro da família. Além da família temos aqui dois personagens muito influentes na vida de Sam, a psicóloga Julia e o colega de trabalho, Zahid.

Não só esse episódio, mas como essa primeira temporada tem o foco de Sam arrumar uma namorada. Então pensemos: se já é difícil para nós, considerados neurotípicos ou seja, "normais e saudáveis", nos abrirmos ao primeiro amor, quem dirá um adolescente com autismo! Contudo, achei muito delicada a maneira como foi construído o diálogo entre Julia e Sam, até um pouco cômico, e espero que seja fiel à realidade, pois como não tenho contato com autistas não sei falar diretamente sobre isso. 

Acho que um dos personagens que precisa ser valorizado é Zahid, porque as cenas dos dois são descontraídas e um tanto ingênuas, porque Zahid trata Sam como qualquer outra pessoa, sendo o único que não fica lembrando Sam toda hora que ele é um autista. A amizade dos dois é algo lindo desde esse primeiro episódio! Ao contrário da Mãe de Sam que acho super dramática.

Atenção, não quero ser insensível, afinal não faço ideia de como é ter um filho muito menos um filho com autismo, mas Sam é um cara extremamente inteligente querendo sair da bolha em que foi criado e tudo é motivo para Elsa estragar o dia dela e do resto da família. Tive a percepção que a doença vem na frente do próprio filho. Já o pai, Doug
, é todo sem jeito, mas é esforçado. A irmã é protetora, mas sem exageros, fica no companheirismo e nos puxões de orelha. 

Enfim, sensível é a palavra que define Atypical e o fato de não ser só a vida de Sam (e sua doença) o foco, a série não fica monótona. Antártida foi só o primeiro episódio e muita coisa aconteceu, não citei tudo aqui para não me estender demais, mas se posso dar um conselho é: Assistam!
Comentário(s)
0 Comentário(s)