Primeiras Impressões: The Bold Type

Por Rozany Adriany

14 de julho de 2017



 

Janaína e eu resolvemos dar o play no piloto de The Bold Type, e enquanto aproveitamos um pouquinho das férias juntas, decidimos vir aqui e contar para vocês quais foram nossas primeiras impressões da série que estreou oficialmente esta semana, dia 11. 

A nova produção da Freeform é baseada na vida da executiva da revista Hearst, Joanna Coles. The Bold Type conta a história de três amigas que trabalham na famosa revista feminina, Scarlet. De início já dá para perceber que a série tem um tom leve e divertido, mas também promete tratar de assuntos bem variados como sexualidade, identidade, empoderamento feminino, amor e moda. 

As temáticas são apresentadas de maneira bem balanceada, tanto no cotidiano das personagens como no âmbito profissional. No que diz respeito à editora chefe da revista, em alguns momentos ela pode parecer uma "bruxa", e conseguimos até associa-la à famosa personagem de Meryl Streep em O Diabo Veste Prada. Porém, no decorrer do episódio, é possível ver um pouco mais à fundo sua personalidade e, inicialmente, ela não parece ser assim tão má. 

Muitos podem achar a série um pouco clichê, por sabermos que existem muitas outras produções que seguem a mesma linha que ela, mas, como falamos antes, a série é divertida e vale a pena assisti-la. Outra temática que não podemos deixar de falar é a questão da amizade. Nos parece que a história vai girar em torno também da relação entre as três amigas que se conheceram na revista enquanto trabalhavam como secretarias. As três possuem um vínculo forte e se ajudam nas diversas situações que enfrentam no dia a dia, como até mesmo stalkear o ex-namorado da amiga para que ela possa produzir seu primeiro texto como jornalista, nos proporcionando altas gargalhadas. 

Para finalizar, só podemos aguardar os próximos episódios e ver que outras loucuras essas três amigas irão aprontar nesta revista.
Comentário(s)
0 Comentário(s)