Gypsy - 1x09 - Neverland

Por Rozany Adriany

22 de julho de 2017

Penúltimo episódio da temporada e as histórias se mostram cada vez mais entrelaçadas, desde Michael ir comprar café justamente na cafeteria onde Sidney trabalha, até o namorado da Alisson ser o traficante de um dos colegas de Sidney. Isso para mim é sinônimo de confusão na certa!

Dito isso, eu fico cada vez mais impressionada com o tamanho da loucura de Jean. O que foi aquela pegação dela com Sidney no banheiro da estação logo após se despedir do seu marido? Toda vez que as duas saem de mãos dadas, como um casalzinho feliz pelas ruas, eu fico imaginando que alguém vai reconhece-las e a coisa vai ficar feia, mas até aqui as duas tiveram uma baita de uma sorte.

No que diz respeito à Michael, parece que o joguinho de Alexis está surtindo efeito e o advogado anda dando alguns sinais de um suposto interesse na secretária, isso até perceber que foi ela mesma quem espalhou o boato sobre a viagem dos dois pelo escritório e coloca-la em seu devido lugar. 

Se tem uma coisa que já percebemos é que Jean tem essa necessidade de estar no controle de tudo, e neste episódio ela sentiu a pressão de todos os lados, o que ajudou a desestabiliza-la com relação à sua ansiedade. Jean teve que lidar com o possível sumiço de sua paciente que, pelo que deu para entender, a usou esse tempo todo e a enganou.

Além disso, sentiu um pouco da pressão no psicólogo de Dolly. Aqui tivemos um pouco mais de informação relacionado ao plot da garota e é claro que vimos Jean mentindo para o terapeuta da filha, né. Já falei em outras reviews que gostaria de ver o plot de Dolly ser melhor trabalhado, uma vez que, claramente, trata-se de uma temática bem interessante e importante, porém, como também já disse, ele ficou para terceiro plano. Uma das coisas que achei interessante foi ver o posicionamento de Jean relacionado às indicações do terapeuta e como ele lidou com isso afirmando que seu trabalho é perceber coisas que as vezes os pais não são capazes, mesmo ela que é uma terapeuta. E foi exatamente o que falei antes: que seria bem interessante ver mais a fundo como Jean lida com essa questão como mãe, não como terapeuta. 
E falando em mãe, Jean sentiu um pouco mais de pressão vinda de sua mãe. E o resultado foi um belo corte de cabelo em Dolly. Talvez no jantar Jean percebeu que não quer ser igual sua mãe que, pelo visto, quando ela era mais nova, não a deixava fazer o que queria. Ou seja, Jean não tinha a liberdade em expressar-se que tanto lhe foi falado pelo terapeuta para que fizesse com Dolly. 

Por fim, é claro que Michael já percebeu que algo está errado com Jean, e agora só nos resta esperar a finale para ver o que irá acontecer.

Ps1. É insano como Jean tenta puxar Sam de volta mesmo ele mostrando avanços na terapia. Por sinal, isso me surpreendeu viu? Falei em outras reviews que achava que o personagem ia causar problemas terríveis, mas sua história seguiu outra direção!

Ps2. Jean continua se arriscando demais e dessa vez quem ficou com uma pulga atrás da orelha foi sua mãe.

Ps3. Gente, o que aconteceu com Alisson? 

Ps4. O que foi Jean enviando a história de Alexis com seu nome (Diane)? Isso não é normal! 
Comentário(s)
0 Comentário(s)