Gypsy - 1x08 - Marfa

Por Rozany Adriany

15 de julho de 2017


Então gente, voltamos para o universo do enredo principal, e com ele veio também todo o desconforto das ações na realidade paralela, rs. Michael não sou disfarçar de maneira nenhuma o desconforto frente à Jean e Alexis, e olhe que de todos ali ele era o que devia ficar menos constrangido, afinal se manteve firme e não meteu o pé na jaca, não é mesmo?

Como sempre, estamos vendo Jean indo cada vez mais fundo em sua relação com Sidney, fico boba ao ver como elas saem pelas ruas de mãos dadas e se beijam em público, mesmo Jean sabendo o quão arriscado isso é para ela. Como se tudo isso não bastasse, Jean age feito adolescente escondida no banheiro falando ao telefone e mandando selfie para Sidney enquanto Michael dorme. 

Neste episódio Sidney também passou a procurar Jean (Diane, na verdade) nas redes sociais, seria alguma desconfiança em toda sua história ou apenas curiosidade e necessidade em vê-la de forma mais real? Não sei dizer que foi isso que a fez postar a foto das duas no Instagram, mas já sei que isso não vai prestar.

Aliás, é óbvio que o cerco está se fechando para Jean. Seus dois mundos, por assim dizer, estão colidindo e isso se torna mais evidente quando vemos Michael e Sidney interagindo no café. Gente, a aflição tomou conta e logo em seguida Jean ficou praticamente igual a uma folha de papel ao perceber de onde era o “presente” que Michael estava trazendo. 
Imaginem só o que irá acontecer quando Michael abrir o Instagram da banda em um surto de curiosidade e ver a foto de sua mulher de maneira bem sedutora com a barista. Até porque está bastante evidente que ele já tem noção de que Jean está escondendo algo, não sei se é impressão minha, mas no momento que ele fala da banda e ela nega já ter ouvido algo, ele meio que fica com uma cara de “eu sei que você já ouviu, mas ok, vamos fingir que não por enquanto”. Sabem quando a pessoa sabe que a outra está mentindo, mas continua no jogo para ver até onde ela vai? 

E é claro que não é apenas Michael que está percebendo as diferenças no comportamento de Jean. Sua amiga terapeuta também passou a perceber isso, desde aquele momento em que ela a encontrou na rua, quando ela deu o primeiro beijo em Sidney, e desta vez resolveu questiona-la abertamente perguntando se ela estava tendo um caso. Gente, é surreal como Jean ultrapassa qualquer limite para manter sua mentira “intacta” e foi insano vê-la insinuando que Michael poderia estar tendo um caso, quando na verdade a traidora é ela, né? 

Ps1. Como assim ela atiçou o marido e deu para trás depois? Aquela cena deles na bancada da cozinha fumando foi meio sem sentido, rs.
Ps2. Quando Claire propõe uma sessão de terapia com sua filha presente eu só consegui pensar: tá vendo só, porque você não fez isso logo de início?
Ps3. Sam sendo o “sensato” da vez e questionando os métodos da Jean foi algo que eu achei que não veria. Aliás, de louco essa série está cheia! O que foi aquela cena dele fantasiando com Sidney e Jean enquanto transava com Emilly?
Ps4. Escrevam o que eu estou falando: Não vai prestar esse negócio de Jean levar Allison para sua casa! O que são essas fitas? Jean, querida, qual o nível de sua loucura?
Ps5. Dolly é a criança mais fofa que existe, rs. 
Ps6. Quem vocês acham que espalhou o boato do envolvimento entre Michael e Alexis?

Mais dois episódios, amigos! A série vem trabalhando muito bem essa questão de mostrar os desejos ocultos dos personagens e é o que nos prende na história! Até a próxima.
Comentário(s)
0 Comentário(s)