Gypsy - 1x07 - Euphoria

Por Rozany Adriany

14 de julho de 2017


Não sei se vocês vão concordar comigo, mas que episódio confuso foi esse, amigos? 

O episódio focou em Jean e Michael, cada um vivendo situações similares e paralelas, e claro que vamos precisar comparar um pouco a reação dos dois às situações. Enquanto Michael estava no Texas com Alexis e outro advogado em uma viagem à negócios, Jean se aprofundou mais intimamente em sua relação com Sidney. 
 
Preciso dizer que esse episódio deu um belo de um nó na minha cabeça, as cenas de Jean e Sidney são extremamente intensas e todo o jogo sedutor é simplesmente surreal. Que as duas personagens têm química, isso é perceptível, mas gente, que situação mais louca. Eu só consigo me perguntar o que Jean tem na cabeça para ir tão fundo em algo tão insano assim, e cada vez mais a questão de “fingir ser outra pessoa” vem sendo destacada pelos personagens e eles estão sempre citando quão excitante é isso. 

O que eu vejo é que Jean anseia por um momento de sua vida que já passou e o que faz com ela se sinta atraída por Sidney é que ela lhe traz memórias desse passado, de como era a antiga Jean, coisa que ela mesma admite ao dizer que Sidney a faz lembrar dela mesma. Mas gente, fico me perguntando se vale a pena arriscar tudo o que conquistou até aqui, sua família, seu emprego, sua vida, por essa atração! 
Em paralelo, vimos Michael e Alexis em um joguinho arriscado e “sedutor”. Enquanto Alexis se fazia de sonsa arrancando coisas de Michael em um jogo de verdade ou consequência, e Michael foi se envolvendo cada vez mais. Por sorte, Michael continua sendo aquele cara certinho que já citei em outras reviews, porém, está bem evidente que ele está sentindo alguma atração por Alexis, mesmo se esforçando para não se envolver. 

E essa é a principal diferença que encontramos em toda essa situação. Enquanto Jean foi cada vez mais fundo em seu envolvimento com Sidney, ultrapassando todo e qualquer limite que poderia existir, Michael freou Alexis assim que ela insinuou que os dois queriam a mesma coisa. Não posso deixar de dizer que se paramos para analisar as duas situações, tanto Jean como Michael estão errados, mas dos dois, Michael ainda se salva ao se manter firme. 

Ps1. Está cada vez mais evidente que Michael está ciente das mudanças no comportamento de Jean e nesse episódio ele mostrou o medo que tem em perde-la. 

Ps2. A “viagem” de Jean nesse personagem (Diane) beira ao ridículo quando ela distorce toda sua vida, toda sua história, a fim de aprofundar sua história para Sidney.

Ps3. Que viagem foi todo esse episódio, minha gente? (Confesso que minha review quase foi resumida apenas nesta frase, rs)

Sinto como se esse episódio tivesse se passado em uma realidade paralela e no próximo episódio fôssemos voltar ao enredo principal, rs. Então, vamos em frente e até a próxima.
Comentário(s)
0 Comentário(s)