Conheça: Dexter

Por Alvaro Luiz Matos

16 de julho de 2017

Originada do livro DEXTER “A mão esquerda de Deus” escrito de Jeff Lindsay e produzida pelo canal americano SHOWTIME, a série conta sobre a vida de Dexter Morgan, especialista forense em “respingos de sangue” que trabalha na polícia de Miami.

Dexter foi adotado ainda criança por Harry, após ter sua mãe esquartejada por um serra elétrica na sua frente. Durante toda sua infância ele apresentou indícios de que a morte de sua mãe teria sido o suficiente para atingir sua percepção do mundo e Harry percebendo os instintos do filho procurou protegê-lo de todas as maneiras.

Após a morte de sua mãe, Dexter, passou a carregar consigo o que chamou de “Dark Passenger”, uma sensação que faz com que ele sinta a sede de matar. Harry canalizou os desejos de seu filho para que ele não viesse a matar inocentes, ensinando-o que haviam criminosos que a justiça não conseguia prender, e esses sim, mereciam algo pior.

Debra é filha biológica de Harry e sempre seguiu os passos do pai, com uma carreira inicialmente falha dentro da polícia de Miami, a personagem depende muito do "sexto sentido" do irmão para crescer, mesmo sem saber a verdade sobre ele.

Deixando de lado um pouco sobre o que se trata a série,é hora de entendermos o poque de assisti-la. Dexter é intrigante, é interessante, é diferente da maioria das séries por sua temática, é forte e envolvente e ainda nos faz refletir muito.
A série trabalha muito bem os conflitos internos de Dexter e o seu processo de humanização, fazendo com que o personagem se questione por diversos motivos e descubra sentimentos que até então não havia sentido. Posso afirmar que a principal qualidade da série seja os diálogos inteligentes e envolventes, que não só prendem o espectador como também cria uma expectativa muito grande.

Obviamente nem tudo são flores e a série se perdeu em diversas temporadas, o final talvez tenha sido melancólico, teve o dedo de todo mundo que quis opinar e gerou uma crítica gigantesca nas redes sociais. Entre temporadas memoráveis, temporadas esquecíveis, resoluções inteligentes e outras preguiçosas, Dexter é sim uma série que se deve assistir.

Antes de ir não posso deixar de falar de Michael C. Hall. Essa é a estrela da série, um ator sensacional que entrega boas atuações ao público e carrega a série nas costas quando o roteiro não resolve ajudar. Vale lembrar que o ator foi premiado com um Emmy por suas atuações nessa série.

Com oito temporadas de apenas 12 episódios, Dexter conquistou fãs por todo o mundo e mesmo controversa deixou saudades.
Comentário(s)
2 Comentário(s)