Música em Foco: Stop Crying Your Heart Out

Por Ellen Joyce Delgado

7 de junho de 2017


"Uma coisa tão simples, como o bater de asas de uma borboleta, pode causar um tufão do outro lado do mundo." - Efeito Borboleta

Faça seu coração parar de chorar. 

Mais uma música marcante da banda Oasis, com participação em diversas obras cinematográficas. Duas muito boas que posso citar são: Efeito Borboleta e o Melhor Amigo da Noiva – com participação do nosso eterno Derek. A música se chama “Stop Crying Your Heart Out”O nome da música, em si, já traz uma mensagem bem forte. 

Você está bem com seu próprio coração? Não se assuste, às vezes precisamos pensar um pouco nisso. Avaliar nossas necessidades, nosso plano de vida e a importância que temos de permanência na Terra. 

O mundo anda tão complicado. Ou talvez, as pessoas andam complicando demais as coisas. Todos sempre nos dizem para termos forças e permanecermos fiéis aos nossos sonhos. É como se, a todo momento, nossa história fosse um combate. Estamos preparados para sermos fortes gladiadores? 

Get up (Get up). Come on (Come on). Why you scared? (I'm not scared). - Levante (levante). Vamos (vamos). Por que você está assustado? (Não estou assustado). 

Fazemos de nossa lacuna um recinto de descanso permanente - sem intromissão de terceiros. O lugar onde expressamos nossos maiores horrores e, como resposta, obtemos uma eterna quietação. Esses são os nossos maiores segredos. 

'Cause all of the stars are fading away, Just try not to worry. You'll see them some day. Take what you need and be on your way, And stop crying your heart ou. - Porque todas as estrelas estão desaparecendo. Apenas tente não se preocupar. Você as verá algum dia. Pegue o que você precisa e siga seu caminho, E faça seu coração parar de chorar. 

Deixe seu sorriso brilhar de uma forma permanente. Nosso destino pode ser construído por aquilo e aqueles que somos. E quando você se sentir sozinho em mundo sem luz, lembre-se: somente na escuridão podemos enxergar as mais belas estrelas. Nós somos todas as nossas estrelas, apenas não deveríamos deixar todo esse brilho se apagar. Seja a sua própria luz nesse universo longínquo.

Comentário(s)
0 Comentário(s)