House of Cards - 5x13 - Chapter 65 (Season Finale)

Por Alvaro Luiz Matos

11 de junho de 2017

GÊNIO, FRANK UNDERWOOD É UM GÊNIO. SÓ QUE NÃO

Como assim amigo você me faz planos contando com a boa vontade alheia de participar dele sem consulta-los? Claire há muito tempo queria o poder e quem garantiria que Frank conseguiria ser mais forte que ela fora da presidência sem que pudesse controla-la por completo.

Não faz sentido nenhum escolher uma jogada na qual não se pode controlar as variáveis, tudo o que Frank conseguiu foi se afastar do centro do poder e não ter garantia nenhuma de que voltará um dia. Confiar em uma mulher que até aqui se provou apenas um incógnita não parece a melhor opção. Ainda mais que para isso tenha jogado aos leões o seu maior capanga, sem certeza nenhuma de que isso funcionará.

Desculpe-me, mas se você achou o final da temporada incrível eu tenho algumas sérias dúvidas sobre isso. O episódio começou como se tudo estivesse controlado, mas terminou me dando certeza de que a bagunça só vai ficar pior. Nada está certo, nada terminou no lugar, personagens bons foram retirados do poder, personagens bons foram assassinados, personagens bons foram ‘presos’ e o poder ficou na mão de três pessoas totalmente instáveis. Claire que está mais perdida do que nunca como presidente, Usher que é quem parece dar as ordens e escolher todo o time do novo governo e a senhorita Jane Davis (estava na hora de decorar o nome dela) que se parece muito mais com uma terrorista manipuladora do que uma pessoa com boas intenções. Além disso, Sean ficou no lugar de Seth, mas nem espaço na série ganhou pra isso, até aqui o personagem acha que está abafando, mas só deu fora.
Sério, quando eu peço renovação, não significa que você precise dar carta branca para um desconhecido popular a série de nomes e rostos que ninguém nunca viu. Bem, você até pode fazer isso, mas nossos protagonistas não parecem ter controle de nada, Claire não parece ser a presidente e Usher/Davis parecem ser o novo “Underwoods” da série e estão prontos para tirar Claire do poder. A bagunça ficou generalizada e não adianta Claire virar para a tela e dizer que agora é com ela, pois não parece ser.

O episódio me surpreendeu? Sim. Mas a decisão foi correta? Tudo indica que não, tudo indica que as bases da série serão abaladas fortemente e não sabemos bem de onde veio essa inspiração maluca dos roteiristas.

Sério, eu não sei o que dizer, mas estão todos tão animados com a finale e eu preocupado com a série. O passo foi mal dado, e acreditem em mim, isso vai ser problema.

Fiquem com Deus, com o meu inconformismo e até a próxima temporada.
Comentário(s)
0 Comentário(s)