Música em Foco: Skinny Love

Por Ellen Joyce Delgado

22 de maio de 2017

Temporada 5, Ep. 2. 

“Todos nos lembramos das historinhas de nossa infância: o sapato serve na Cinderela, o sapo vira um príncipe, a Bela Adormecida é acordada por um beijo… Era uma vez… e eles viveram felizes para sempre. Contos de Fadas – é do que sonhos são feitos. O problema é que contos de fadas não se tornam realidade. São as outras histórias, as que começam com noites sombrias e tempestuosas, que terminam de formas indescritíveis… Sempre são os pesadelos que parecem se tornar realidade… A pessoa que inventou a frase “felizes para sempre” deveria tomar uma surra daquelas. Era uma vez… Felizes para sempre… As histórias que contamos são feitas de sonho. Contos de fadas não se tornam realidade. A realidade é muito mais agitada… muito mais turva… muito mais assustadora. Realidade – ela é tão mais interessante do que viver feliz para sempre.” 

“Come on skinny love just last the year” 

A música de hoje é de Bon Iver, chamada “Skinny Love”. O som foi tocado no segundo episódio da quinta temporada de Grey’s Anatomy, e representa muito bem a instabilidade de Meredith Grey. 

Foi um tanto quanto sofrido esperar a Meredith decidir o que a faria bem: estar com Derek ou sem ele. Em todo momento víamos aquele amor frágil em uma pessoa cheia de cargas e rachaduras. Ela já estava esgotada. Assumia punições que não pertenciam ao trajeto dela, e colhia tudo aquilo que o passado, um dia, deveria ter deixado para trás. A única coisa que, talvez, nos apaziguava era a perseverança de Derek, tentando entender toda a mentalidade de Grey. 

“Come on skinny love what happened here? (…)And I told you to be patient, And I told you to be fine. And I told you to be balanced, And I told you to be kind.” (Vamor amor frágil, o que aconteceu aqui? Eu te disse pra ser paciente. Eu te disse pra ficar bem. Eu te disse para ser ponderada. Eu te disse para ser gentil).

Junte-se à nós e aproveite mais um novo som para nossa trilha sonora!

       
Comentário(s)
0 Comentário(s)