Grey's Anatomy - 13x16 - Who Is He (And What Is He To You)?

Por Rozany Adriany

22 de março de 2017

Me desculpem os fãs de Japril, mas ainda estou procurando o sentido para este episódio tão aleatório

Quando Jackon precisa viajar até Montana para cuidar de um transplante de garganta em uma garotinha e April precisa acompanhá-lo no lugar de Meredith, o episódio se volta todo para o casal. Mas, há algo mais profundo e mais doloroso acontecendo com Jackson e é quando descobrimos que ele encontrou seu pai, e sim, ele está em Montana

Preciso confessar que os primeiros momentos do episódio são simplesmente muito chatos. Enquanto Jackson desconta toda sua frustração pelo não reconhecimento de seu pai em April, ela segue sendo a irritante de sempre e repreendendo Jackson a cada palavra que ele solta, até mesmo no hospital com os pacientes. E, acreditem, já não dá para aguentar mais tanta briga em uma temporada só. 

Até que, finalmente, os dois resolvem trabalhar como adultos e, aí sim, podemos dizer que foi suportável assistir ao episódio. O caso médico da semana foi o que salvou, para mim. Jackson não só cumpriu sua promessa em encontrar uma solução para o tratamento da menina quando o transplante já não era mais viável, como descobriu uma forma inusitada e inédita de faze-lo sem que a menina perdesse sua voz. Ou seja, depois de um tempo, conseguimos ver uma bela resolução de um caso que parecia que acabaria em desastre, com uma procedimento nunca visto.  
Quanto ao pessoal, foi até bom ver April ajudando Jackson a lidar com o pai, e a conseguir expor tudo o que estava preso em sua garganta durante todo o tempo em que se perguntava se o pai sentia a sua falta. É difícil quando criamos expectativas no desconhecido e ao encontra-lo, todas elas são frustradas por algo totalmente diferente do que imaginamos. Afinal, quem imaginaria que o pai de Jackson seria um simples dono de bar e possível fabricante de café de chicória?

Resta a Jackson perceber que não é nada parecido com seu pai, que desde a perda de seu primeiro filho, esteve sempre ali por April (até mesmo em momentos em que ela não mereceu, vamos combinar) e o mesmo aconteceu com a chegada de Harriet. Além disso, dar um pouco mais de crédito à sua mãe que, embora tenha muitos defeitos (muitos mesmo), criou-o sozinho e esteve sempre ali por ele

Enfim, como já falei em praticamente todas as reviews, sinto que algo foi perdido em Grey's nesta temporada e todo aquele misto de sentimentos inexplicáveis que sentíamos nas temporadas anteriores está se esvaindo, o que me entristece muito. Mas, a esperança de que uma reviravolta aconteça, continua me prendendo à série. Temos promessas de um episódio intenso sendo dirigido por Ellen Pompeo vindo por aí. Vamos esperar para ver!!!

Ps. E a pergunta que fica é: Japril voltou de vez ou foi só uma recaída?   
Comentário(s)
0 Comentário(s)