Quantico - 2x9 - CLEOPATRA

Por Rozany Adriany

1 de fevereiro de 2017

Todos sabemos que tem sido uma constante em Quantico nos deixar confusos e totalmente perdidos a cada episódio, e com esse episódio de volta não seria diferente, não é mesmo? 

Bom, primeiro de tudo, tenho que perguntar como Alex foi parar na sala de interrogatórios do FBI depois de Ryan "imobiliza-la" no centro de conflito? E mais, por que ela está ali como "suspeita" se até então ela estava infiltrada tentando ajudar a libertar os presos? Ok, apenas Miranda e Shelby sabiam o que ela estava fazendo lá, mas de qualquer forma, isso não explica o fato dela estar sendo tratada como suspeita ao ponto de emitirem um alerta atrás dela. 

Eu vejo que Quantico nos mostra um lado mais obscuro das agências do governo (FBI e CIA), porque desde a primeira temporada que somos direcionados a descobrir quem é o traidor infiltrado no FBI, e agora na segunda lidamos com uma organização (AIC) criada por um ex agente da CIA e com possíveis terroristas do FBI. Gente, só posso dizer que é muita mentira, muita traição, muita desconfiança dentro dessas agências e to meio que ficando maluca com isso, rs.

Enquanto isso, no passado Alex e Harry trabalham juntos a fim de descobrir quem foram os recrutados da AIC e acreditam que o caminho mais certo a seguir é ficar na cola de Owen, eles também passam por mais um treinamento, e a pedida da vez é sedução. Os recrutas precisam seduzir as pessoas a fim de recruta-las (teoricamente para a AIC). E isso gera um misto de conflitos em vários deles. 
A narração meio que deu uma mudada, pois os acontecimentos do passado estão sendo mostrados enquanto Alex conta a Hannah o que aconteceu para que as coisas chegassem até ali, e quais são suas teorias para a presente situação. O que pode ser um indicio de que realmente teremos apenas uma linha temporal no restante dessa temporada, como foi exposto enquanto a série estava em hiatos. 

Por fim, vimos Miranda finalmente assumindo para Alex que ela está no grupo dos terroristas e falando que logo ela também estaria, o que nos deixa com aquela pulga atrás da orelha e aquela dúvida cruel que nos norteia sobre o que realmente está acontecendo. O negócio está tão confuso que minha mente deu uma travada e eu não consigo de forma alguma formular alguma teoria que seja plausível para, tanto Miranda como Nimah e Ryan estarem do lado "teoricamente" negro da força. 

Algumas observações:

1. León cada vez mais desconfiado de Shelby depois desse treinamento de sedução. E cada vez mais descontrolado depois de ter matado o cara para a AIC.

2. Dayana está se revelando, porém, ainda não consigo entender se ela está trabalhando para outro alguém que não tem nada a ver com a AIC ou com qualquer pessoa ali, ou se ela já é uma agente da AIC e finge estar começando agora. 

3. Fiquei na dúvida se Alex foi realmente recrutada ou se Harry havia passado um telefone igual ao de Ryan para que ela desse a entender que também havia sido recrutado. Muito confuso isso aí.

4. Não shippo Harry e Sebastian, mas os sentimentos estão a flor da pele entre esses dois. Acho que Harry está se envolvendo de verdade e isso o assusta, e Sebastian está em conflito entre sua religião e se aceitar.  

5. Será que essa teoria da Shelby é válida? Porém, não entendo colocar tanta gente em risco e ameaçar tantos inocentes para atacar outra organização criminosa. 
Comentário(s)
0 Comentário(s)