Conviction - 1x11 - Black Orchid

Por Janaína Guaraná

16 de janeiro de 2017


Em meio a boatos (pode ser real) de cancelamento, mensagens de texto, um detetive mau encarado e Wallace dizendo que preferia amanhecer com a Hayes, um serial killer que supostamente está atrás das grades ataca novamente e faz mais uma vítima. É claro que o detetive e Hayes não se entendem. Tess consegue todas as informações em tempo recorde, por se tratar de um hobby. E tem clima pintando entre os detetives. 

Para dar liga numa trama tão amarrada, temos Hayes e Wallace sendo o casal mais fofo da telinha, tentando não falar de trabalho, curtir um tempo só deles e acabando sem assunto e ainda conseguem fazê-lo com os olhos brilhando. Wallace discordando no trabalho e dormindo sozinho, haha. A rendeção da ex-primeira-filha veio rapida e tem ate sobrenome, mas quem somos para dizer que as lutas travadas não foram suficientes?

É importante poder dizer que tentou, que lutou contra todos os instintos intrínsecos e fez das tripas, coração, para ser uma pessoa que consiga viver a dois, que consiga pensar no outro como companheiro, que tentou ser o amor da vida de alguém. Porque estar num relacionamento é para ser feliz, infeliz a gente saber ser, e sozinho. 

Como também é importante saber que erramos, que trilhamos nossos dias em uma onda clara de possibilidades. Que vezes acertamos, e vezes erramos. E ser grato, pois numa dessas voltas que a vida, podemos corrigir nossos erros, não é sempre que uma chance assim aparece. 

Dos nossos medos, não podemos deixar que ele nos impeça de viver, a vida é um piscar de olhos, e em uma dessas piscadas não enxergamos mais. Mas é a partir dos medos que podemos medir nossa capacidade de nos reinventar, de viver segundo nossos sonhos, mas é quando menos acreditamos que esses medos nos salvam. 

Por mais que o mundo seja um lugar horrível e cheio de pessoas maldosas, sempre tem alguém para dar a mão, para abrir a porta e para te desejar bom dia. E lembrem-se esse mundo não se torna melhor com pessoas inocentes pagando os erros do mais versados, com melhor retorica e traquejo social.

PS; Se os boatos forem verdadeiros, estamos caminhando para o fim dessa jornada chamada Conviction, só posso dizer, que o caminho foi um dos mais emocionantes que já percorri. 
Comentário(s)
0 Comentário(s)