Conviction - 1x10 - Not Okay

Por Janaína Guaraná

10 de janeiro de 2017


Uma garota está presa e além do dilema moral que envolve sua prisão, nota-se a insatisfação com o sistema prisional, que sim, comete erros e mata inocentes (vide o episódio anterior) e os personagens ainda carregam o peso de uma injustiça que não puderam evitar. Em um dado momento nem questionam a inocência da garota, uma vez que um inocente pagou, porque uma pessoa que se defendeu está presa? Obviamente estamos falando de Hayes e sua incapacidade de lidar com as perdas sem uma pitada de agressão. E dessa vez o sistema falido é o alvo. 

A pergunta do dia é: Você está bem? E a resposta deveria ser: Não, estou revoltada com o resultado do último caso e quero salvar todos os injustiçados. Mas, Hayes tem certa dificuldade em lidar com esses sentimentos a flor da pele e acaba agindo segundo esses instintos fortes que a comanda. E sim, salvar os injustiçados está na pauta. 

Além de estar com esses sentimentos de justiceira fervendo, Hayes tem que lidar com o fato que, agora ela quer ficar com Wallace e que ele, a conhecendo muito bem, lhe deu espaço, dessa vez é a advogada que tem que correr os riscos. O que acontece em Indiana amigo, não fica em Indiana. É Jacskon quem abre os olhos de Hayes ao dizer que ela mudou e que dessa vez pode dar certo, apesar das tentativas anteriores. Afinal, quem somos nós para recusar uma coisa que queremos muito por medo de dar errado? Se der, valeu a pena cada minuto. 

Terminar um casinho de verão é mais que uma pista, é um outdoor dizendo: Te quero. Para Hayes isso não basta e é só quando fica insustentável essa tensão entre os dois, quando ela resolve caso e vê que as emoções que a provoca não são somente referentes ao caso, que ela resolve tomar a iniciativa e dizer que está dentro, para valer, dessa vez! Relacionamentos são assim Hayes, não fazemos a mínima do que vai acontecer, só torcemos para o que seja que aconteça, não nos separe.
Tess poderia ter seguido em frente e deixado para trás toda a culpa que sente em relação ao Matty, mas sabemos que ela é feita de outro tipo de coisa, daquela coisa que não saberia levar uma vida baseada em mentiras e apesar da reação dele, estamos torcendo para que o perdão seja o início de uma grande história, daquelas histórias que nos tiram o folego.
Comentário(s)
0 Comentário(s)