The Vampire Diaries - 8x03 - You Decided That I Was Worth Saving

Por Elizabeth Silva

8 de novembro de 2016

Definitivamente Julie Plec não estava brincando quando disse que essa temporada estava recheada de novas surpresas e ainda sim estaria remetendo a origem da série. Foram tantas informações que peço desculpas desde já, pois me organizar para falar sobre esse episódio foi uma tarefa difícil. 

No episódio anterior, Sybil para ter total controle sobre Damon começou a reformular suas lembranças colocando ela no lugar de Elena, e é com ela que "You Decided That I Was Worth Saving" começa, numa cena bem marcante, onde nossa personagem perde seus pais e a querida xerife Elizabeth Forbes presenciando a morte de seus amigos, mas não temos o desfecho correto onde Stefan salva a vida de Elena, afinal Sybil quer tirar tudo que possa salvar Damon de seu controle. Ainda não foi revelado qual o propósito de Sybil, a única coisa que sabemos é de que ela precisa de Damon e Enzo para continuar trazendo vítimas, o que pra mim é muito confuso! Ela já mostrou que tem um poder muito grande, em relação ao controle mental, no começo ela realmente precisava deles dois, agora que já tem um corpo e anda livremente. Ainda me pergunto se existe um motivo para mantê-los para si, ou é apenas um capricho. E falando em capricho, que mulherzinha hein? O episódio teve um grande destaque para si, onde a personagem da atriz Nathalie Kelley se mostrou em ação, e devo admitir que ela está me surpreendendo com sua personagem! Os produtores prometeram a pior vilã de toda série, e estou começando a achar que eles estão no caminho certo, é cedo demais para falar que Sybil é a maior vilã, mas a Nathalie está se esforçando para tal, eu olho ela na série e realmente acredito que ela é quem representa, uma pessoa fria, calculista e sádica. 
A ação do episódio começa no momento que Sybil decide que para ter a lealdade de Enzo, Bonnie teria que ser tirada do jogo definitivamente e ordena que seu melhor amigo mate-a. Tudo isso acontece logo no momento em que Bonnie e Caroline estão em uma loja de noivas procurando por vestidos, afinal estamos falando de Caroline Forbes e sua indecisão por vestidos. Preciso mencionar aqui que meu coração se encheu de alegria no momento que Bonnie mencionou o "casamento de verão" de sua melhor amiga, quem lembra disso da primeira temporada? Mas, voltando ao desastre que foi esse passeio, Sybil se surpreende pelo fato de Damon ainda não ter matado Bonnie ou muito menos ter sido deixado vivo. E é bem aí que temos outra explosão de flashbacks, incluindo todas as temporadas da série, nos momentos que Bonnie e Damon se desentenderam e o momento crucial que a amizade deles finalmente surgiu, para mim uma das amizades mais lindas da série. 

Em paralelo Ric continua procurando entender o objeto que foi usado para aprisionar a sereia no Arsenal, junto com Georgie, que preciso dizer é extremamente inteligente e muito fofa gente! Já me conquistou sem dúvidas! Já Stefan parte para ajudar seu irmão, que liga pedindo por ajuda, isso mesmo AJUDA! "Ah, mas foi para que ele ajudasse o Damon a matar o Enzo" pra mim não foi por isso não. Como vimos, o jogo da sereia foi mexer com a cabeça de Bonnie colocando a vida das duas pessoas que ela ama em suas mãos, decidindo que iria viver ou morrer, ou eles lutavam até matarem um ao outro. Quando Damon chama por Stefan, o que prova mais uma vez que o foco da série é o relacionamento dos irmãos, ele confessa que mesmo que queira falar alguma coisa ou ajudar sua mente fica embaralhada e não saí nada, boa parte por culpa dele, mas por favor vejam a cena e me digam se não foi quase como uma dica a Stefan sobre o caminho a seguir? Stefan já foi muitas vezes a razão pela qual seu irmão volta e continua a lutar, dessa vez não será diferente. A série comete o erro, e alguns fãs também, ao ver somente Elena como a salvação de Damon, e pra mim a salvação dele é seu irmão. 
Ao final, temos uma cena emocionante da despedida de Enzo, e o pedido para que sua amada o resgate, partiu meu coração de verdade, estou cansada de esperar quando Bonnie vai finalmente estar feliz, sinceramente; e também o aprisionamento de Sybil e a partida de Damon. Agora preciso puxar a orelha de Bonnie, é claro que se Stefan fosse escolher ele escolheria seu irmão e não Enzo! Stefan ama de todo seu coração seu irmão e apesar de falar que perdeu a esperança, ela ainda continua lá e ele sempre vai fazer de tudo por seu irmão. Por favor, dona Bonnie Bennett não seja mesquinha ao ponto de falar aquilo pra Stefan, como disse na review anterior estou com medo de que façam dela uma personagem carente demais! 

Como se não tivéssemos emoções o suficiente, nosso querido lobinho ex-híbrido Tyler Lockwood deu as caras logo com Damon no final do episódio. Estava morrendo de saudades do Tyler! No começo seu personagem não foi bem aproveitado e nem era lá aquelas coisas, mas ele foi crescendo e ganhou bastante destaque quando nosso original preferido, Klaus Mikaelson, foi introduzido na série. Infelizmente seu personagem foi sendo esquecido novamente, sendo mal aproveitado e tendo apenas participações especiais. Espero que dessa vez seja diferente, acredito que não fui a única que notei que ele sabia demais sobre a sereia para quem estava bem longe por tando tempo e não, não aceitei aquela cena final! Não acredito que vão trazê-lo para dar aquele tipo de fim a ele, de jeito nenhum! A série está tomando caminhos muito interessantes e está me deixando imensamente feliz em alguns pontos. Esses flashbacks estão me deixando nostálgica e os dramas paralelos que no final se juntam e ajudam a desenrolar a história! Senti muita falta disso! 

Antes de me despedir, preciso agradecer por aquele momento lindo em que Alaric diz que Damon foi o mais perto que teve de um irmão (já estou chorando de novo)! Espero que estejam tão ansiosos como eu para o próximo episódio e até a próxima review! 

P.S.: Alguém mais notou que o nome do episódio é uma fala de Damon na primeira vez que beija "Elena" que na verdade é Katherine?
Comentário(s)
0 Comentário(s)