The Vampire Diaries - 8x1 - Hello, Brother (Season Premiere)

Por Elizabeth Silva

25 de outubro de 2016

Cá estou eu, novamente, caros leitores matando a saudade de escrever para o site e para falar de uma série que tem um lugar mais que especial no meu coração, afinal foi através dela que ingressei no mundo das séries. The Vampire Diaries, um fenômeno que completou sete anos recentemente, volta para sua última temporada onde promete desde o primeiro episódio ser o “começo do fim”. Devo admitir que, por mais que entenda que a série se perdeu algumas vezes e esse “fim” já devia ter chegado a certo tempo, desapegar dessa série é algo extremamente difícil. A série conquistou não apenas o público adolescente, teve um alcance maior ainda sendo um dos melhores e mais lucrativos, acertos da CW. 

O primeiro episódio da temporada nos remete a origem da série, fazendo grandes referências a primeira temporada, afinal para quem não se lembra da famosa e grandiosa entrada do personagem de Ian Somerhalder, Damon Salvatore, com a memorável frase “Hello, brother”, que dá nome ao episódio. Mesmo retomando as suas origens, a série começa exatamente onde a sua sétima temporada terminou, num salto de três meses, onde nossos queridos Stefan, Alaric, Bonnie e Caroline continuam sua busca por Damon e Enzo que acabaram se envolvendo com uma grande vilã. 
Que Damon Salvatore é um belo ímã para problemas, isso todos sabem, mas dessa vez a situação mudou drasticamente. Na temporada anterior, nós fomos apresentados há um grande mal que se encontrava preso em um cofre dentro do Arsenal, o qual não deveria ser aberto a qualquer custo. Mas essa palavra não existia no vocabulário de Damon, que fez de tudo e mais um pouco para salvar Bonnie, e em um dos seus melhores atos, quando finalmente é o herói da história, ele é pego por esse monstro que vivia escondido e, como sabemos, Enzo decide tirá-lo dessa mas falha em seu plano. O que nos leva a temporada atual, onde ambos estão sendo controlados, por uma vilã que se assemelha a um tipo de sereia, onde são forçados a alimentá-la! E eu que pensei que a Julia Plec já havia colocado de tudo na série.

Quando nosso esquadrão de salvamento estava perdendo as esperanças de encontrá-los, Bonnie começa a associar algumas pistas que seu grande amor, Enzo estava deixando para ela. No começo, a ideia de Enzo e Bonnie juntos não me agradou muito, mas ao desenrolar da sétima temporada eu acabei aceitando e adorando o novo casal. Eles desenvolveram uma química bem legal que acabou amolecendo meu coração, e não ficou diferente agora, onde nas lembranças de Bonnie ela encontra as respostas das pistas de Enzo, através do livro A Odisseia. Preciso deixar uma nota aqui que parte meu coração ver a minha querida Bon Bon sofrendo tanto! Tenho ela como uma das minhas personagens preferidas de toda a série, a força descomunal que ela tem, a maneira como é altruísta me deixa impressionada! Se tem uma personagem que foi muito bem trabalhada na série, essa é a da atriz Kat Graham.
Do outro lado, temos Stefan que tenta conviver mais uma vez com a perda do seu irmão e manter as esperanças de trazê-lo de volta, algo que remete e muito a primeira temporada onde procura a humanidade de seu irmão. Finalmente, ele e Caroline conseguem se resolver, algo que me deixou imensamente feliz, o pessoal só sofre nessa série, inacreditável! Já Caroline precisa lidar com o fato de se dividir entre o trabalho, a busca por seus amigos e cuidar das suas adoráveis filhas, cuidado esse que deverá ser dobrado, o poder dessas duas crianças vai trazer muitos inimigos a eles ainda.

Eu realmente estou feliz com esse primeiro episódio. Tudo nele trouxe uma pitada da primeira temporada, as mortes, o suspense, o famoso jeito de Damon encurralar suas vítimas na estrada repleta de névoa, o velho Damon sem emoções e com um gosto um tanto diferente para livros e para surpresa de todos, Elena. Não do jeito que gostaríamos, mas numa das lembranças de Damon, onde descobrimos que está fazendo de tudo para proteger aqueles que ama dessa vilã, afastando-os de sua vida e pensamentos. Essa temporada tem tudo para finalizar a série com chave de ouro e espero que ela não se perca no caminho e nem fique sem amarrar todas as pontas no final. Espero que tenham gostado assim como eu da volta da série e nos vemos na próxima review!
Comentário(s)
0 Comentário(s)