Preacher - 1x09 - Finish the Song

Por Juliane Santana

29 de julho de 2016

 Dessa vez conhecemos melhor o Santo dos Assassinos e o ligarmos com a trama central.

Um episódio muito bom, mas que poderia ser melhor considerando que não me importei de pausar várias vezes para fazer outras coisas. Claro que as cenas de violência se destacaram mais, mostrando que a série pode ser fiel a HQ, porém para um penúltimo episódio esperávamos mais, deixando aquele gostinho de quero mais para a season finale.

Como eu disse em outra review, estou apostando minhas cartas na season finale. A série não atingiu minhas expectativas, poderia ter aproveitado melhor os personagens que parecem ser bem complexos e desfocado, um pouquinho, de Jesse. Não sei se o protagonista é chatinho assim nas HQ, mas sinceramente, ele nem apareceu tanto em “Finish the Song” e também não fez tanta falta.

Tulip por outro lado, mais uma vez, foi pontual em sua aparição. Focada em outros assuntos, deixou Cassidy aos cuidados de Emily. Adoro as cenas das duas, as personagens são tão diferentes que é muito interessante vê-las interagindo. De um jeito ou de outro, Tulip contribuiu para descobrirmos um lado diferente da Emily. Quem imaginava que ela entregaria Miles para ser comida de vampiro? Sério, fiquei chocada em como com um ato conseguimos mudar totalmente nossa visão da personagem.
Um personagem que viemos a conhecer foi Carlos. Depois de tanta falação e o fato de ter uma história com Tulip e Jesse, o cara apareceu e já amordaçado. É hora da vingança! Pelo jeito então é no último episódio que veremos um pouco do que aconteceu com esses três.

Mesmo com tudo isso, o foco do episódio foi o Santo dos Assassinos (Cowboy). A forma que os roteiristas ligaram ele com a trama central foi demais. Depois que o Eugene foi mandado para o inferno fiquei me perguntando como seria lá, assim como Jesse, entretanto mal sabia que a série já tinha mostrado esse tempo todo. Tudo bem que teve um loop bem louco, mas acredito que foi importante para termos a noção de como o tempo acontecia lá embaixo. Ah, e o modo que Fiore e DeBlanc encontraram para realizar a viagem achei bem engraçadinha. Inocência minha pensar que eles tinham ido atrás do garoto.
Resumindo, foi um episódio bom, mas poderia ter sido incrível.  Acredito que a season finale irá consolidar os pontos mais altos da série, todo o lance de Deus talvez aparecer, estou colocando muita fé nisso.
A pergunta é: será que vai ser suficiente para querermos uma segunda temporada? 

Obs.:

1 - Que cena bizarra do Xerife matando a Serafim.
2  - E não é que Jesse salvou Cassidy?!

E você, o que achou? Deixe seu comentário e veja a promo do próximo episódio.
Assista a promo abaixo:
Comentário(s)
0 Comentário(s)