Penny Dreadful - 3x06 - No Beast So Fierce

Por Elizabeth Silva

10 de junho de 2016

Como se o episódio anterior não tivesse sido recheado de mistérios e segredos revelados, em No Beast so Fierce a carga emocional só fez aumentar nos trazendo as consequências desses segredos terem sido revelados, despedidas e novas caras. Abrangendo dessa vez todos os personagens sem ser algo para preencher o tempo de exibição, uma coisa que gosto de Penny é que essas histórias recorrentes não são mostradas e muito menos acontecem a esmo, tudo no final se conecta.

Vamos começar pela volta da queridíssima Vanessa Ives. Depois de descobrir o verdadeiro nome daquele que a persegue, Vanessa agora parte em uma busca para acabar com seu tormento e impedir a qualquer custo que Drácula se aposse de seu corpo, e quem melhor para auxiliá-la do que o ilustre Mr. Lyle? E é exatamente aí que levamos o primeiro soco no estômago. Em uma cena que envolve muito carinho, nosso excêntrico egiptólogo se despede de nós e Vanessa. Mas a males que vêm para o bem certo? E com isso temos a introdução de uma nova personagem tão intrigante quanto ele. Em poucos minutos que a vi em ação a personagem da atriz Perdita Weeks, Catriona Hartdegen, mostra-se com uma essência parecida com a de Vanessa, e devo afirmar que as palavras de Lyle são verdadeiras, elas formarão uma ótima dupla! Será bem interessante ver Vanessa ser ajudada por outra pessoa, mas cá entre nós ainda espero que Sir Malcolm e Ethan voltem para ela, é tão triste ver ela com saudades deles e olhando para aquele lobo... Cá vou eu declarar que não tenho dúvidas mais, os produtores e roteiristas gostam de ver Vanessa sofrer. Por que, pergunto eu, fazer com que ela entregue seu machucado coração numa tentativa de ser feliz logo para seu inimigo? A única coisa que me alegraria seria se Ethan, finalmente, aceitasse estar do lado dela, não custa nada vamos agilizar isso aí!
A trama de Ethan trás os minutos finais do episódio anterior, This World Is Our Hell, para que toda aquela tensão não tenha se perdido. Outro ponto que gosto em Penny, ao invés de começar com qualquer outra cena eles pegam a essência do que ficou e a mantém para que o espectador não perca um detalhe sequer. O que ocorreu com maestria, não queria nem piscar para não perder nada do que aconteceria no embate entre Ethan, seu pai e os policiais. Não vou mentir no começo me assustei com Ethan e cheguei a crer que ele havia sucumbido as trevas ao lado de Hecate, que aliás já foi tarde. Mas ver o Malcolm falando que Ethan é um bom homem, nossa o meu coração chegou a se aquecer com aquela cena! E naquele mesmo turbulento jantar, temos o acerto de contas finais. Eu particularmente adorei o desfecho e os motivos são vários: Ethan mostra o quão bom seu coração é mesmo rodeado de tanta vergonha e raiva; o Apache vivo, mas não sei por quanto tempo, afinal descobrimos o motivo dele querer tanto salvar a vida de seu filho e ainda sim, Ethan querer sua morte lenta e dolorosamente e, como sempre, Sir Malcolm dando um ponto final, literalmente, no ódio e ressentimento de Jared Talbot. Mais alguém sentiu, nessa cena, que Malcolm protegeu Ethan como seu filho? 
Quanto ao nosso sôfrego Dr. Frankenstein, não houve muitas mudanças em seu destino. Ele quer a qualquer custo consertar seus erros praticando outros, eu torço muito para sua felicidade, mas acho que já passou da hora, assim como Lily diz, de curar seu coração em outro lugar. E falando no diabo, a história de Lily parece não fazer qualquer ligação com a outra trama, mas algo me diz que isso é por pouco tempo. Seu exército de mulheres cresce e o treinamento se intensifica, mas se tem alguém que a ajudou e agora não está gostando muito disso, esse alguém é Dorian. Como sabemos, ele odeia ser rejeitado e sente trocado por Justine. Sua convivência com ela não é a das melhores, afinal quem conviveria bem com ela? Sou a única que não suporta Justine também? Muitas coisas ainda virão desse exército não tenho dúvidas. Rejeição é um dos piores sentimentos que alguém pode sentir e John Clare conhece bem este horrível fardo. A história dele antes de sua morte foi bem tocante e ter um flash disso trouxe um pouco de paz a ele, afinal isso possibilitou que encontrasse a família que um dia teve. Pergunto de novo, por que fazer o coitado passar pela rejeição novamente? Meu coraçãozinho não aguenta isso não! 

Aos poucos o enredo começa a se amarrar e sutilmente vai nos levando aos caminhos que precederão o final desta temporada e até o momento ela está se mostrando uma das melhores. Espero que tenham gostado e até a próxima!
Comentário(s)
0 Comentário(s)