The Voice - 10x17/18 - Live Show 1: Top 12

Por Alvaro Luiz Matos

21 de abril de 2016

SPOILERS ABAIXO
Agora vai? Sinceramente acho que essa temporada tem seus méritos, grandes cantores e destaques merecidos. Como de costume vou colocar o que mais me chamou a atenção nesse TOP 12, falar da lista de aprovados, atualizar as expectativas sobre cada time e atualizar o meu TOP 4 (Finalistas).

Quero dizer também que escrevo os episódios de forma separada, o que torna o texto mais genuíno, portanto posso vir a dizer que alguém foi ótimo e no episódio seguinte ela não passar a diante (acreditem, aconteceu bastante essa semana).


Live Show 1: Top 12 Perform

Hannah Huston - Top 12: "Something's Got a Hold on Me"
Vamos começar pela qual considero a melhor apresentação da noite? Hannah, você é mesmo a mesma que aquela menina tímida das audições? Tem certeza?

Hannah não só sente a música como esbanja técnicas vocais, confiança e beleza no palco, e nessa semana teve uma songchoice que serviu para bater de frente em Mary Sarah (pois os estilo dessa música se aproxima das músicas antigas cantada pela outra concorrente), eu estou vendo Pharrell indo para o embate e uma temporada muito estratégica, já que temos mais do que os 4 finalistas óbvios que todas temporadas anteriores tiveram.

Acredito que ela sairá como uma das grandes vencedoras desse TOP 12 (lembrando que escrevo isso antes mesmo do episódio de resultados).

Alisan Porter - Top 12: "Stone Cold"
Uma música atual que carrega nas costas os milhares de fãs da ótima Demi Lovato, trata-se de uma canção difícil, mas muito bem escolhida. A apresentação com certa certeza colocou Alisan no meu TOP 4 daqui em diante, pois já faz um tempo que ela vinha crescendo no programa. Mérito grande da Coach que conseguiu enxergar  nos ensaios o talento e o potencial de crescimento dessa cantora, coisa que eu não vi nas audições.

Falando mais da apresentação, ainda acho que dificilmente ela chegaria ao nivel da Demi, mas a força e a coragem com que cantou a música me fez bater palmas, Alisan sentiu a música e fez dela sua, isso é um talento de grandes artistas.

Owen Danoff - Top 12: "7 Years"
A apresentação do Owen dessa semana foi clara intensão de ser mais popularesco e se aproximar mais de um público que ainda não cativou. É uma canção que há muito tempo está na lista do Billboard entre as mais ouvidas, dessa forma ele poderia conquistar um público mais pop e mostrar que também sabe variar seu estilo (dentro do possível).

Não foi a melhor apresentação dele, Owen me emocionou mais em outras canções e também ainda não conseguiu empolgar. Mas mesmo assim ainda está seguro entre os favoritos.

Emily Keener - Top 12: "Lilac Wine"
Emily essa semana pulou de degrau e entregou uma apresentação que ficou me lembrando grandes cantoras britânicas. A impostação de voz estava perfeita, sem exageros, sem gritaria, apenas com a intenção de emocionar e de mostrar mais do seu lado "posso ser diva".

Acho que deu certo e possivelmente ela virá a ser uma das primeiras a serem salva pelo público.

Adam Wakefield - Top 12: "Soulshine"
Adam fez a sua melhor apresentação no programa e teve ao seu lado aquele flu flu todo que colocam para favorecer o cantor, o coral, a música que cresce, o piano e tudo mais o que fosse preciso para leva-lo a despontar como o Front Runner do time do Blake.

Vale dizer também que a música country aparentemente é a que menos enjoa os espectadores americanos, pois querendo ou não, todos os anos temos timbres parecidos, seja melhor ou pior, mas sempre leva o cantor as etapas finais do programa e por vezes da o título a alguns deles.

Como não lembrar de Craig Wayne Boyd? Para mim Adam é superior, e mesmo assim pode ser que não ganhe a temporada como Craig fez.

Considerações Finais sobre as apresentações:

Dos meus quatro favoritos até semana passada apenas Hannah fez mesmo uma apresentação surpreendente, Mary foi bem, mas ficou dentro da sua zona de conforto e em um programa altamente cansativo como esse the voice americano é importante que os cantores se recriem toda semana, evoluam e mostrem mais do que já mostraram (mesmo quando fazem uma apresentação belíssima como foi a dela). Para Laith a mesma coisa, foi uma apresentação como as outras que ele já fez, foi ruim? Não. Mas não surpreendeu (nem mesmo o famoso gruído que ele faz quando canta é mais novidade depois de tantas semanas).

Vale mencionar também que é bem provável que os primeiros times a perderem concorrentes serão Black e XTina, ele pode perder Paxton depois dessa apresentação popularesca cantando Selena Gomes, e ela, por sua vez, deve perder Nick, mais cedo ou mais tarde. Enquanto isso os times do Adam e do Pharrell abrem distância.

Faltou apenas citar alguns outros cantores: Shalyah foi mais uma vez muito bem e muito segura na escolha da música. Bryan Bautista se fortaleceria com a provável saída de Paxton ou Nick, pois disputam o mesmo espaço, sendo óbvio que Bryan é o melhor de todos e se destaca nesse estilo mais Pop de cantar (mesmo que essa semana ele tenha tirado um pé da sua zona de conforto e entregue uma apresentação um pouco diferente das anteriores). E por fim, Daniel Passino, que fica um pouco para trás no time que o Pharrell tem, essa semana ele não manteve o mesmo nível da semana passada, achei a escolha boa, mas não para esse momento, ele deveria ter trago algo mais animado, com agudos longos e que fizesse contraponto a sua apresentação anterior, ao invés de reafirmar a mesma posição.

Live Eliminations

Sou só eu ou vocês também acham que a Gwen parece forçada quando canta? Mas enfim, vamos ao que interessa, os aprovados:

1- Adam Wakefild
Para quem tinha um dos times mais fracos da temporada, ter o primeiro aprovado da um folego muito grande ao Blake nessa continuidade. Faz muito tempo que vejo ele como o Coach mais inteligente do programa, mas que nas últimas temporadas tem tido dificuldade em vencer de seus colegas as disputas durante as audições. Mesmo assim, vez ou outra ele consegue transformar seus pupilos em grandes candidatos ao titulo e Adam é hoje sua maior arma. (Mesmo eu achando a Mary mais promissora e interessante)

2- Alisan Porter

Alisan tem feito belíssimas apresentações e evoluído muito durante o programa. Não apostava tanto nela no começo, mas episódio  após episódio a cantora vem demonstrando talento e evoluindo sobre a tutela da grande Xtina.

Vale lembrar novamente que os dois times que eu considerava mais fracos, possuem os dois principais concorrentes até aqui. O que mostra a importância na escolha do Coach, portanto vamos valorizar mais a Christina, que apesar de nunca ter vencido o programa, faz sempre bons trabalhos.

3 - Bryan Bautista
Começo a imaginar que sou o do contra, pois é muito óbvio que não gosto do trabalho do Bryan, que, apesar de bom cantor, é muito popularesco. É mais ou menos como se alguém viesse ao the voice brasileiro e quisesse passar de fase cantando só Anita e Naldo. Mas como nós brasileiros valorizamos pouco os novos entrantes da música pop e as jovens estrelas que aparece, enquanto que os americanos sim, é fácil entender como o popular pode dar a alguém uma vantagem competitiva.

De qualquer forma ainda acho que existem cantores melhores do que ele no programa.

4-Daniel Passino
Estou louco então, tudo que disse na primeira parte do texto vai contra o que  público americano disse? Sinceramente achei que o Daniel essa semana não foi tão bem quanto a anterior e que tem sim talento para ir melhor e fazer uma apresentação mais grandiosa. Mesmo assim vale lembrar que elogiei ele no texto dos playoffs e achei ótima a escolha dele pelo Pharrell para voltar ao programa.

5- Shalyah Fearing
Nessa altura do campeonato o time que eu acredito ter os melhores cantores ainda não havia passado ninguém, mas entendo o motivo, pois nenhum deles surpreendeu durante a semana, apenas Shalyah me fez bater palmas após a sua apresentação. Afinal a garota é jovem e extremamente talentosa, e para mim deveria ter passado antes.
6 - Paxton Ingram
What? What? Eu esperava sinceramente que, se caso ele passasse, fosse um dos último, talvez se salvando pelo público. Mas já percebi que eu que sou o errado aqui.

7- Laith Al-Saadi
Finalmente um dos cantores mais completos do programa foi a diante. Esperava mesmo que ele só viesse a passar mais ou menos nessa posição, pois vejo hoje cantores que fizeram apresentações melhores do que ele (estava certo, mas pensei que seriam outros cantores e não alguns desses de cima).

8- Hannah Huston
E finalmente um alivio no meu peito. Já passava da hora, mas muito da hora. Ela poderia até não ser a primeira, mas em minha opinião não deveria ser uma das últimas a passar.

9- Nick Hagelin
Vou me abister, para mim o candidato mais fraco do programa no momento, admiro os agudos, mas é só isso.

10 - Mary Sarah
Pelo menos isso, Mary passou e não dá pra entender como não valorizar o timbre da menina. Concordo que essa última apresentação não mostrou nada de novo e serve de aviso para as próximas semanas.


INSTANT SAVE
Os americanos em geral não gostam de um estilo mais indie e folk não é? todos os anos cantores mais comedidos acabam sendo eliminados, o ideal para o programa é confusão e gritaria. Lamento muito que um dos dois tenham que sair já do programa, acho que tínhamos mais lenha para queimar com ambos.

Owen pra mim fez uma SongChoice muito melhor, afinal aprendemos nas temporadas anteriores que o Instant save vai sempre para quem cantar a música mais popular e mais animadinha, se possível músicas no Maroon 5 (foi assim na última temporada). De qualquer forma Ed Sheeran foi uma boa escolha, e se alinhou ao perfil de Owen.

Provavelmente isso tenha o salvo de ser eliminado.

Emily Keener - Instant Save Performance: "Blue Eyes Crying in the Rain"

Owen Danoff - Instant Save Performance: "Lego House"

----------------------

ANALISE DOS TIMES

O Team Pharrell perdeu uma candidata pela qual poderia fazer muito, perdeu o novo, o diferente e isso para ele é quase como a morte. Ele vai ter que usar seus dons de produtor para dar uma reanimada no time que já foi o favorito da temporada, Hannah parece não ter muito o carisma do público e Daniel precisa se reinventar pois já foram duas semanas seguidas no mesmo estilo musical, com canções parecidas.

O Team Christina foi o que mais saiu vitorioso, conseguiu emplacar Alisan e transformá-la hoje em uma das favoritas a vencer o programa, assim como também tem o Bryan como queridinho do público. Ainda acho que Nick está mais para jogo vencido e que mais cedo ou mais tarde será eliminado. Mas de qualquer forma Xtina tem dois candidatos fortes.

Já o Team Blake conseguiu sair sem feridos da batalha e, embora tenha o candidato que por hora é o mais forte, precisa se preocupar com os outros dois. Mary já enjoou o público com a sua proposta e Paxton também não deve ir tão longe pois divide votos com Bryan.

E por fim o Team Adam que tem três ótimos cantores, mas não se mostrou tão forte como parecia. Adam vai ter trabalho para fazer com que Laith e Owen mostrem algo diferente, ambos parecem muito fixos em suas propostas, e o desafio para cantores prontos (como disse várias vezes) é não se repetir e não cansar o público. Já Shalyah é hoje sua Front Runner, e ele terá que apostar muito no talento da menina se quiser mesmo ter alguém na final.


----------------------

MEU TOP 4
Até aqui o meu top contava muito com a minha opinião, mas quando entra o público no jogo temos que analisar também para onde os ventos estão soprando certo? Então teremos um misto de o que eu gosto e torço com o que o público parece gostar.


1- Alisan Porter
Alisan despontou como a candidata mais confiável do programa até aqui, as apresentações tem mantido o nível lá em cima e a candidata vem se tornando a Diva da temporada. Vale mencionar que ela também tem apelo emocional para com o público, sua história de atriz mirim, drogas e superação pode lhe ajudar com o carisma do público.

2- Shalyah Fearing
Shalyah é a nova Jacquie Lee, a idade e o talento são relacionados, minha preocupação é se Adam conseguirá fazer com ela o que Christina fez com Jacquie em 2013. Tenho minhas dúvidas se ele consegue treinar alguém nesse estilo musical para muito além do que ela chegou até aqui. Torço para que sim.
3- Adam Wakefild
Adam saiu como vencedor nesse programa e se notabilizou como o principal candidato ao título. É bom lembrar que o country venceu várias vezes e com candidatos muitas vezes abaixo da qualidade de Adam, além de Blake saber fazer um campeão. É sempre bom ficarmos de olho.

4- Hannah Huston
Hannah pra mim saiu derrotada desse programa, mas ainda tem talento e carisma para fazer mais e melhor, continuando sua evolução. Infelizmente está no time do Pharrell e lamento isso desde que ela fez esta escolha nas blinds, para mim ela deveria estar com a Christina, ou até mesmo com o Blake, pois Pharrell é o pior dos 4 coachs. Ele é mais um produtor bem sucedido do que um cantor de qualidade que poe ensinar técnicas e aprimoramento vocais . Mesmo assim ainda aposto nela.

Esse texto foi escrito por: AlvaroLuizMatos
Comentário(s)
0 Comentário(s)