Faking It - S03E04 - Jagged little heart

Por Ana Clara Rodrigues

17 de abril de 2016

                                                               SPOILERS ABAIXO: 

Iniciamos o episódio com as duas amigas sabotando-se para se distanciarem de seus problemas. Amy está focalizada em coisas bobas como reforma de móveis, para ajudar a esquecer seus sentimentos por Karma. Essa está, como sempre, em seu quarto compondo músicas. Após seus planos terem sido interrompidos por sua mãe, Amy surge coma ideia de gravar um documentário sobre a vida de Lauren, como intersex, com a ajuda de Felix – que voltou de sua reabilitação, e está disposto a ajudá-la. Eu prezo muito a amizade entre os dois. Ele tem uma leve crush por ela, porém os dois não combinam amorosamente e, além disso, Amy está finalmente se encontrando como lésbica – mesmo que não goste de rótulos e não tenha se “encontrado”.

Lauren é outra que evita falar sobre ela e, obviamente, sobre a verdade causa do Intersex. Amy, finalmente ajuda a irmã e esclarece que ela deve expor seus reais sentimentos e quem ela realmente é. É isso que a causa Intersex realmente quer e procura. No meio disso tudo, Felix explica que Amy está fazendo o mesmo e deveria seguir seus próprios conselhos ao invés de se fechar.

Uma nova personagem surge como uma “crush” para Liam. Rachel realmente me deixou feliz. Ela é uma personagem engraçada, tímida, e atrapalhada. Eu gostaria muito de vê-la com Liam. Além desse novo interesse amoroso, surge Noah para os olhos, e delírio, de Shane. 

Eu não gostei desse menino, mas ao menos ele cantou muito bem na apresentação. Falando em apresentação, tivemos um dueto maravilhoso com Karma e Shane – eu amo muito a voz dos dois - e esses foram para a final do concurso! Eu não desgosto da amizade entre os dois, porém é nítido que eles têm muita diferença. Shane é bondoso, porém é extremamente egocêntrico e acaba priorizando suas ambições às amizades – ao contrário de Karma. Além disso, ele adora bajulações, e acaba acreditando e sendo persuadido rapidamente com isso. É o que ocorre quando Noah influencia sua cabeça e ele acaba querendo se mostrar para o rapaz e estragando toda a apresentação com a Karma – que estava bem ansiosa e feliz com a única coisa boa que havia ocorrido com ela nos últimos tempos. Karma se vinga, muito bem, e diz, no final, ao Shane que o que ela precisa, de verdade, é de um amigo de verdade – que se esforça pra te ajudar; que te apoiam quando você precisa.

No final, presenciamos um ataque cardíaco do pai de Karma. E isso, mesmo sendo triste, foi essencial para unir, finalmente, as duas amigas. Amy, assim que soube, foi correndo encontrar a sua amiga – independente se elas estavam se falando ou não, porque ela sabia que Karma precisava dela - da sua amiga verdadeira.

Esse texto foi escrito por: Ana Clara Rodrigues
Comentário(s)
0 Comentário(s)