Chicago Fire – S04E19 – I Will Be Walking

Por Vittoria Crispim

26 de abril de 2016

SPOILERS ABAIXO
O episódio 19 de Chicago Fire só chegou para que eu reafirmasse as minhas certezas sobre o que está de errado na série e parecer ainda mais desiludida aos seus olhos, caro leitor. Mas, calma, não vou falar mal da série, não vou mais reclamar ou afirmar que ela não vale a pena, afinal, não faria sentido nenhum eu fazer review sobre uma série que não gosto ou assistí-la semanalmente só para falar mal. Entretanto, por esse mesmo motivo, por gostar tanto da série e ela ser a minha favorita, é que estou tão desiludida com o rumo que ela está traçando para a season finale.

Não é novidade para nenhum fã de Chicago Fire a franquia do Dick Wolf ser tão bem sucedida e notória no mundo serialístico; muito se deve, é claro, ao nome da produtora por trás da série; também não é novidade para ninguém que season após season a turma de Dick Wolf lancem um novo spin-off para completar o quadro da série mãe, mas desde que Chicago Med entrou que os problemas já existentes na franquia ficassem ainda mais evidentes aos telespectadores, e nos fizesse questionar o que realmente é importante: Se é a quantidade ou a qualidade?
Ao avaliar as três séries, entre temporadas passadas e as atuais, é visível as falhas na escrita e os erros de continuidade no material entregue ao telespectador, isso sem contar ainda com a Chicago Justice que está para estrear. Confesso que por ser fã de tudo o que Dick Wolf faz ou assina fiquei bem feliz em todas as vezes que anunciaram uma nova Chicago, mas nesta reta final de temporada vejo o quanto é desnecessário acrescentar mais uma na grade de uma série que esta desgastada e com tantas críticas por desenvolvimento. Ao que parece, esse é o erro de Chicago Fire/PD/Med, a escrita desenfreada por novas séries está prejudicando as já existentes. Quem mais sofre? A série mãe: Chicago Fire.
Sendo assim, já começo perguntando quem de vocês é que tem imaginação fértil e consegue ver a cena que faltou no episódio 19? Afinal, no que deu aquele impasse entre o casal Dawsey do episódio passado? Como não houve nem um único minuto de interação entre os dois personagens, não sabemos se já estão resolvidos, se estão brigados, se o Casey entendeu ou não a posição da Dawson sobre o casamento e assim por diante.
Concordo perfeitamente que Chicago Fire não seja baseado em relacionamentos amorosos, mas uma parte da série trata exclusivamente sobre esse assunto, sendo assim, acho relevante e até mesmo necessário que haja uma devida atenção ao casal. É justo que a produção se decida e saia desse chove não molha para com eles. 
Os problemas de relacionamento de quatro anos estão desgastando nossa paciência para os dois personagens como uma casal. Ou muda o problema para as próximas temporadas ou separa o casal de vez. Lembrando aqui que a quinta temporada da série já está confirmada, ou seja, haverá mais problemas para Dawsey e se depender da produção, vai continuar sendo falta de comunicação e maturidade para as duas parte.

Dá onde surgiu essa mãe do J.J e porque o Severide ficou de babá do filho dela? Tive que perguntar ao meu grupo de fãs da série se havia perdido alguma coisa em Chicago por não me lembrar da personagem. Não deu pra captar muito ainda o que virá desse novo plot, mas podemos ver que Kelly Severide ainda continua com seu título intacto de grande vencedor da temporada. Ele segue firme e forte como o personagem mais aproveitado da season. E pra fazer jus ao Taylor Kinney, ele merece os créditos, cumpriu bem o seu papel.

O caso principal da semana mais uma vez ficou a cargo o Tenente/Vereador Matt Casey, a história até que foi interessante e rendeu cenas bonitas e bem executadas, mas reparem que ela só realmente agradou quando Casey parou de agir como vereador e resolveu decidir a situação como bombeiro. Ao tentar como vereador, Casey quase fez pactos com os líderes de gangue de Chicago, quando ele decidiu agir como bombeiro, foram seus colegas de profissão que deram todo o suporte que ele necessitou. Quer prova mais evidente que esse plot vai acabar mal? Aguardemos.
Não entendi direito a necessidade das cenas entre os paramédicos, não falo sobre o primeiro salvamento, até achei interessante a vítima se interessar pelo Jimmy. Mas fora isso, ficou meio perdido e fora do contexto para o episódio, principalmente com a cena final entre os paramédicos e o Boden. Se era pra causar uma reviravolta entre Jimmy e Brett, não funcionou. Se era para levarem uma bronca sobre o atraso na segunda chamada, não funcionou. Como Boden mesmo disse, a tentativa de dar dignidade para a vítima por parte do Jimmy foi justificada. 

Ao que parece, o que o Otis tem é realmente grave e por mais que ache interessante o fato de usarem uma doença de causas naturais para mexer um pouco com o enredo dos heróis de Chicago, fico um tanto contrariada por usarem um personagem tão querido. É evidente que esse, se bem desenvolvido, vai ser um dos plots mais interessantes que Chicago já criou, mas o receio que matem o Otis me deixa aflita. O bombeiro não está entre os principais, mas é um personagem importante e que fará falta se isso significar uma possível despedida da série. Esse começo plot envolvendo o Otis foi o que mais chamou atenção e se destacou no episódio.

Por último, mas não tão relevante assim, o que foi aquela Olimpíadas pelo Bar? Cenas engraçadas entre Miranda Rae Mayo, Monica Raymund e David Eigenberg, porém nada a mais para acrescentar, só deixar um pouco mais indignada pela presença tão ativa da Dawson quando ela deveria estar voltada para o assunto do episódio passada. A utilização dela foi como se não houvesse ocorrido nenhum impasse com sua personagem recentemente ou que não fosse mais importante do que atacar de comentarista numa olimpíada pelo Molly's. 

Um episódio cheio de pontas soltas, lançando mais plots e sem continuidade com episódios passados. Este é o episódio dezenove da quarta temporada de Chicago Fire.

Até a próxima review, leitores.

Esse texto foi escrito por: Vittória Crispim
FACEBOOK: /SeriesEmFocoWeb
TWITTER: @SeriesEmFocoWeb
INSTAGRAM: @SeriesEmFocoWeb
Comentário(s)
0 Comentário(s)