The Voice - S10E06 - The Blind Auditions, Part 5 & The Battles Premiere

Por Alvaro Luiz Matos

16 de março de 2016

SPOILERS ABAIXO
De quem foi a ideia de no mesmo programa mostrar Blind e Batalhas? a vontade que se tem é de pular todas as blinds e ir direto para as batalhas. Portanto vou avisando que, assim como sempre, só vou falar do que for bom. Se tiver algo bom.

The Blind Auditions, Part V
E não é que teve coisa boa nas blinds? A primeira boa apresentação no episódio foi de Moushumi, que mostrou uma voz límpida, suave e potente, sem vícios como a maioria dos cantores que pisam no palco do The Voice e com muita qualidade vocal incrível a menina recebeu um "uau" logo no início de sua apresentação. Óbvio que uma cantora assim, pra mim, tem de ficar com Xtina, mas o povo insiste em escolher Pharrel que tem de longe o melhor time da temporada, DE LONGE.

Depois tivemos uma cantora Country acima da média, mas Blake com time full não pode virar a sua cadeira. Depois de muito pegar no pé e desmerecer Adam, Blake deixou que Pharrell fizesse a grande pergunta "Who do you pick as your coach" e Katie escolheu o vocalista do Marron 5. Eu novamente fiquei triste, pois imaginei que ela combinaria muito com Christina.

Jonathan também foi muito bem com uma voz muito bonita e uma impostação bastante equilibrada. o garoto de 16 anos escolheu Pharrell (nesse time ele não vai longe).
Depois disso pulei todo mundo que não passou, afinal eles não importam. Fomos, então, direto para Ayanna que além de toda a sua personalidade mostrou que chegou para ir longe no programa cantando Skyfall. Última integrante do time de Christina, e dona da última vaga do programa.

The Battles Premiere
Começamos a batalhas com o favorito da temporada contra Katie (que acabamos de conhecer e escolheu Adam erroneamente). Legal é saber que, obviamente, Adam considera Ryan seu principal front runner.

Não consegui prestar muito a atenção nos treinos por motivos de Tori Kelly (Linda, não é?), mas achei a escolha da música um pouco chata, mesmo se tratando de uma canção carregada e cheia de opções de notas e de alto alcance. A apresentação foi ótima (vocalmente), foram dois grandes cantores para a fogueira (eu não daria Katie de mão beijada para alguém, mas aqui ele a deixou em uma posição difícil). Xtina e Brake usaram seus Steals para tê-la, mas era bem óbvio que ela escolheria o Blake e fortaleceria e muito o time do cowboy.
Paxton deu um show e passou tão fácil em sua batalha que não vale apena nem comentar. O garoto tem um timbre diferente e uma forma de cantar bastante individual.

Esse é o momento de separar os adultos das crianças e Paxton mostrou que está mais maduro que Brittney (que foi a primeira a deixar o programa).
Uma batalha bastante equilibrada a se ver pelos nomes, são dois bons candidatos, mas Malik estava um passo a frente a meu ver. Christina também já escolheu para a primeira batalha da sua equipe uma música com muita variação de notas, alto alcance e um tanto chata, o tipo de cancão que você sempre espera uma "gritaria só" durante a apresentação.

Eu entendo a estratégia dela, afinal ela tem muitos cantores parecidos e com estilos semelhantes, o ideal é separar para ela os melhores e abandonar outros pelo caminho, encontrando assim seu principal front runner.

A apresentação foi chata, vocalmente ótima, mas chata. Ambos mereciam ficar e era claro que alguém iria pegar quem sobrasse. Bryan venceu por ser mais completo e ter mais técnicas vocais que Malik (que para mim tem uma extensão maior e é mais promissor), e Malik teve todos os steals possíveis para escolher e resolveu ir para o time mais forte da temporada (porque? porque?).

---------

Desculpa se a review ficou bagunçada, mas o programa também foi assim. Misturar duas etapas distintas no mesmo programa é uma idiotice gigante da produção, mas de qualquer forma foi um episódio com bons valores.

Logo logo sai a review do episódio 7, que essa semana não fiz junto para que a bagunça não fosse ainda maior. Abraços galera.

Comentário(s)
0 Comentário(s)