Quantico - S01E14 - Answer

Por Rozany Adriany

24 de março de 2016

SPOILERS ABAIXO
Por se tratar de uma série muito interessante e por ainda estar em sua primeira temporada, resolvi escrever as reviews de Quantico. Estou chegando agora na equipe (fiquei muito contente com o convite) e este é meu primeiro contato com escrita de reviews, então desde já peço desculpas se não estiver muito boa, e espero os comentários de vocês para me ajudar neste processo.

Quantico chegou com uma boa dose de suspense, afinal todos queremos desesperadamente saber quem é esse terrorista que está tentando incriminar Alex desde o início. Espero que a série não se perca em sua tentativa de continuar o suspense e acabe se tornando uma Pretty Little Liars da vida, em que os fãs já não aguentam mais se perguntar quem diabos é –A.

A série mostra duas passagens de tempo distintas: o início do treinamento dos recrutas do FBI em Quantico e o momento dos atentados em Nova York alguns anos à frente. Devo admitir que gosto mais das passagens de tempo em que a turma ainda está em treinamento em Quantico. A interação entre eles, as provas e as competições me agradam bastante, pois, ao meu ver, dão um ar mais descontraído a série. Ah, e claro, os romances... afinal, quem não shippa Alex e Ryan? Ou Caleb e Shelby? O que me fez não gostar muito dos primeiros momentos do avanço no tempo, que me mostrou todos os meus shippers errados, haha.

Então... A série voltou há poucas semanas de um hiatus (três meses de ansiedade), depois da explosão na base de operações do FBI, que nos deixou com os cabelos em pé para saber o que tinha acontecido. Primeiramente devo dizer que estive revoltada com o fato de ninguém acreditar em Alex ao insistir que a ameaça ainda existe, quando já ficou claro que seu instinto raramente falha. Só eu senti vontade de bater na cara do Ryan quando ele diz que ela está louca??? 

Depois do final bombástico e desesperador (literalmente) do episódio anterior onde eu, particularmente, fiquei: “WHAAAAAT?”, e quase morri do coração quando os créditos começaram a subir, Answer começa de forma mais leve, com um novo treinamento em Quantico com as turmas unidas. Aliás, alguém mais não gostou muito destes novos recrutas? Me parecem todos arrogantes. Espero mudar de opinião em breve, mas, será que devemos acrescentá-los à lista de suspeitos dos atentados??

O episódio não nos mostra de cara o que aconteceu com Natalie depois do final insano da semana passada, ao invés disso, revemos Simon lidando com seus conflitos internos devido aos acontecimentos anteriores que o assombram. De volta aos treinamentos... vocês também estão sentindo o clima rolando entre Alex e o novo recruta Perales? Será que eles vão se envolver? O que diabos Raina está aprontando?? E Caleb? Os primeiros minutos do episódio nos enche de indagações.

Fiquei muito angustiada com Alex e Simon naquela floresta macabra caçando um cervo. Está ficando difícil para a equipe ajudar Alex, uma vez que todos estão tentando lidar com os pesos que carregam nas costas. Só sei que, enquanto eles estavam na floresta, tudo o que eu conseguia pensar era: “Chega logo, Ryaaaaaan”. 

Entre as idas e vindas na linha temporal, eu sabia que esse instinto curioso da Alex de bisbilhotar os problemas dos outros (neste caso, do Perales) ia acabar mal. E eis que é o que acontece. Confesso que fiquei com dó do Perales e um pouco depois ainda mais do O’Connor (pessoa a qual até hoje ainda não sei se confio ou não). Gostei de ver Nimah colocando as cartas na mesa com Raina, e muito confusa sem saber o que Caleb está fazendo com Shelby (espero respostas nos próximos episódios).

Em meio aos conflitos dos recrutas e a aflição entre Simon e Alex, tive a impressão de que este episódio foi beeeeem mais leve do que o da semana passada. Embora, quando menos esperamos, lá está aquele final com o telefonema fofo entre Alex e Ryan (meu shipper eternooo!), a chegada do Simon e a temida ligação, nos deixando no suspense mais uma vez para o próximo episódio. 

E vocês, o que acharam do episódio? Espero os comentários abaixo!


Comentário(s)
0 Comentário(s)