Better Call Saul - S02E07 - Inflatable

Por Juliana Pereira

30 de março de 2016


SPOILERS ABAIXO

Simplesmente o melhor episódio, na minha humilde opinião, até o momento. Nosso Jimmy voltou! Nosso Jimmy voltou! O humor, a extravagância, a ironia e a malandragem tomam conta durante as cenas enquanto as peças do quebra-cabeça Better Call Saul vão se juntando. Se você leitor ainda não viu o sétimo episódio, pare de ler esse texto aqui e corre pra ver, depois volte e comente se estou sendo exagerada ou não. 


A minha impressão enquanto via as cenas é que, tudo o que eu pedi no meu review anterior, aconteceu. Nosso advogado mostrou, da melhor maneira possível, a que veio e não foi pouca coisa! Nossa, quero comentar tanta coisa que mal sei por onde começar, mas vamos lá. 

Quem ainda tinha dúvidas da personalidade de Jimmy agora tem a certeza de que ele nasceu para fazer falcatrua. Como tudo na vida, temos sempre duas opções, e ele escolheu ser um lobo ao invés de uma ovelha. Resumidamente, a vida de Jimmy se definiu ainda quando criança, logo, a vida adulta dificilmente seria diferente. 

Como não adivinhei que Mike pediria ajuda para Jimmy para cumprir o que prometeu ao Tio Salamanca? Não me perdoo por isso. Mas, agora temos, mais uma vez, a vida dos dois cruzadas e isso é lindo, me julguem, mesmo não roubando a cena, Mike confirma presença com seu jeito durão, agora que Jimmy ajudou ele a resolver a primeira parte do seu problema com os mexicanos, temos que esperar Tuco sair da cadeia para ver no que vai dar. 

Depois de ter passado os últimos episódios como coadjuvante, nosso advogado agora brilha! Jimmy ama tanto a Kim, que ele pensa em todas as possibilidades de tê-la por perto. É tão fofo! Sua meta era sair do escritório sem pagar nada e conseguiu, e por esse motivo, passamos a conhecer a essência de Saul Goodman, humildemente tirada de um boneco-propaganda de um mercado (acho que era mercado, pois não identifiquei bem o local). E o mais legal, é que colorido agora não passa a ser apenas o seu traje, mas seu estilo de vida.
Em uma conversa - a mais franca que ele e Kim tiveram, acredito - em que Jimmy decide abrir um escritório com sua amada, ela pergunta qual tipo de advogado ele vai ser ao trabalhar como ela, o preto no branco, ou o colorido. Eis então uma hesitação até a resposta mais sincera e concreta dele: "Não há porque eu fazer isso se eu não puder ser eu mesmo". PARA O MUNDO QUE EU QUERO DESCER. Isso foi INCRÍVEL! Ele praticamente vestiu Saul Goodman e botou a cara a tapa, nosso Jimmy voltou a se encaixar...

O cenário que temos neste momento é muito interessante, tudo está se encaixando. Só que agora mais do que nunca não faço ideia do que pode acontecer. Na entrevista para o escritório, Kim disse que queria mais, será que aceitar a proposta de Jimmy ela terá esse "mais"? No IMDb a nota deste episódio foi 9, mas eu daria um dez bem bonito pois valeu cada cena!
    
Comentário(s)
0 Comentário(s)