Chicago PD - S03E15 - A Night Owl

Por Vittoria Crispim

22 de fevereiro de 2016

SPOILERS ABAIXO
CPD dessa semana não foi de todo ruim, teve melhor desempenho do que os últimos três episódios passado, mas ainda sim tem alguma coisa errada.

Não estou sabendo direito como começar essa review e comentar sobre a queridinha das Chicagos. Mais uma semana, mais um episódio e só consigo pensar que estamos presenciando uma temporada mediana perto das outras duas temporadas explosivas que foram as primeiras, e neste momento que me pergunto, qual o problema que a produção tem com as terceiras temporadas de Chicago? Mas, vamos lá:

O caso da semana envolvia um professor que estava transportando drogas pela fronteira com o Canadá e se dizia inocente até que comprovaram sua culpa. Por vezes até acreditei na inocência do professor e queria mesmo que ele fosse inocente e tudo não passasse de uma armação para ele e para a família. Coisa louca a vida secreta dele e que inocente ao acreditar em um golpista por amor, parece ser um caso interessante não é? E é mesmo e foi conduzido da forma certa, foi bacana ser surpreendido com a história completa por trás da fachada de professor universitário, mas parece que ficou faltando alguma coisa no episódio, algo que nos prendesse a atenção e não nos deixasse respirar os 43 minutos.

E ta difícil descobrir o que é que está faltando e se puxarmos os casos apresentado até hoje, são todos bons, todos interessantes, então me pergunto, o que é que esta faltando?
Entre todas as faltas que PD está enfrentando atualmente, a presença imponente do Hank Voight é a que mais estou sentindo. Num caso como esse dessa semana, que teve vítima inocente, esperava o Sargento quebrando portas ou arrancando dentes por aí, mas ele simplesmente se portou muito bem e seguiu o caso de forma disciplinada, coisa que esperava mais do Antonio.

Antonio, coitado, está esquecido na série junto com Alvin Olinsky e Kevin Atwater. Me pergunto quando os três terão um plot. Olinsky e a história da filha foi esquecido, Antonio nem da academia ouvimos falar (raras as exceções que são mostradas em Fire) e Kevin, bem esse nem conta, nunca nem ouvimos nada de relevante para/ou sobre ele.

Se não fosse pelos problemas no relacionamento, Ruzek seria outro esquecido e mesmo assim o plot dele com a Kim está bem apagado. Só a policial que está tendo destaque na situação. E por falar no relacionamento desses dois, parece que o termino e a dor de cotovelo da Burgess será mais longa do que eu pensava. Fico feliz que a Erin brecou a história da escova de dente logo no início.

Foi encantado finalmente ter as duas atrizes contracenando juntas e muito fofo a Erin entregando uma escova de dentes para a Kim no final. Não sei de onde essa amizade repentina surgiu entre as duas, mas espero verdadeiramente que continue.
Chicago PD começou a empilhar personagens e só está trazendo mais pra série, neste foi apresentando o novo plot para o Jay. Agora ele é segurança numa empresa que comercializa maconha e tem uma dona um tanto quanto atrativa aos olhos masculinos. Prevejo problemas para o casal Linstead logo em breve, e não sei falar se isso será bom ou ruim, já que o casal entrou para a listas dos esquecidos da temporada. Fora a conversa final da Erin ao telefone, não foi apresentado grande coisa sobre os dois. Depois que eles assumiram o relacionamento, a storyline envolvendo os dois diminuiu consideravelmente.

E por ultimo, mas o que mais foi bacana de ver no episódio: Trudy e Roman. Impossível não gostar dessa sargento, todas as cenas em que os dois contracenaram juntos foi boa e os ensinamentos do Roman pra Platt, principalmente na história dos sapatos, foi impagável. Nunca erram quando colocam Trudy Platt em cena.

Com tudo isso, podemos classificar o episódio como bom e apenas bom, e se alguém ficou na dúvida sobre a review e a minha opinião sobre o que está faltando em CPD, peço que se lembre do episódio da temporada passada que usaram a Kim Burgess como arco principal e comparem com esse, vocês irão reparar que o episódio da temporada passada foi totalmente superior a esse e usaram a mesma personagem como arco principal.

Tem alguma coisa muito errada na escrita de CPD desta temporada e só nos resta esperar por episódios diferente. Por que o bom nos temos, mas queremos a explosão de CPD de novo. 

Esse texto foi escrito por: Vittória Crispim
FACEBOOK: /SeriesEmFocoWeb
TWITTER: @SeriesEmFocoWeb
INSTAGRAM: @SeriesEmFocoWeb
Comentário(s)
0 Comentário(s)