Chicago PD - S03E14 - The Song Of Gregory Williams Yates

Por Vittoria Crispim

17 de fevereiro de 2016

SPOILERS ABAIXO
Por tratar-se de um crossover vai ser impossível fazer essa review sem entrar um pouquinho em SVU, então desde já peço perdão se caso alguém não entender alguma coisa, prometo tentar explicar o máximo possível o outro universo de Dick Wolf. Vamos ao texto:

Quando foi anunciado que teria um crossover entre Chicago PD e Law and Order SVU admito que fiquei receosa, ora devia-se pelo crossover que tivemos nesta temporada entre as três Chicagos, que foi um dos piores crossovers da série, ora devia-se pelo último episódio que tivemos de CPD, que ao meu ver, deixou bastante a desejar. Entretanto, esse episódio que juntou os dois universos do Dick Wolf foi muito bom e rendeu as duas séries momentos maravilhosos e à seus personagens momentos de maestria, vulgo Olivia Benson (em SVU) e Erin Lindsay (em CPD).

Chicago PD começou com o retorno dos detetives Lindsay e Dawson a Chicago e a partir dai começou uma busca frenética para o assassino da Nádia que havia fugido de uma prisão de Nova Iorque. Confesso que no começo não estava muito feliz em voltar no passado e fazer a Erin enfrentar todo o inferno pelo qual ela já havia passado pela morte da sua amiga, mas a forma como a produção abordou o tema e juntou a experiência da personagem Olivia Benson de SVU na libertação para os fantasmas da Lindsay me agradou bastante. As referências ao Willian Lewis e todo o mal que ele causou na vida da Tenente Benson foram bem colocada e mostrou para a personagem da Sophia Bush que ela não está sozinha e que se ela quiser, terá ajuda para enfrentar o que for. Seja dos policiais do seu distrito ou da Tenente de Nova Iorque.
As cenas que juntaram Sophia Bush e Mariska Hargitay foram maravilhosas e bem colocadas, as duas são tão boas que gostaria de vê -las mais juntas na nossa tela. Quando divulgam informações sobre crossover essa é uma das coisas que mais me agrada, saber que veremos as duas atrizes juntas no mesmo episódio. A interpretação das duas, realmente, foi uma das coisas que mais me agradou no episódio, pra mim, a cena final já valeu pelo episódio inteiro.

Já venho reclamando a um tempo sobre a franquia Chicago (e não só CPD) deixar a maioria de seus personagens de lado e focar apenas em um, no crossover foi exatamente isso que aconteceu, o foco foi a Lindsay, mal vimos os outros personagens que foram meros coadjuvantes, mas mesmo assim o episódio foi bom. Mesmo eles insistindo no erro não posso reclamar disso aqui, acho que devido a toda a história da Lindsay e da Nádia, CPD estava devendo um episódio de encerramento para a Erin. Nada mais justo do que tê-la como única protagonista para este episódio.

E sobre os demais  personagens, todos ficaram bem apagados e mesmo que aparecessem vez ou outra não tiveram tanto impacto no decorrer do episódio, até mesmo quando Platt foi porta-voz para o distrito na coletiva de imprensa não teve tanto destaque como geralmente damos em um episódio comum. Claro que isso não tira a importância dos outros personagens, Platt era e é a melhor pessoa para ser porta-voz do distrito. Mas, num episódio como esse, a namorado do Jay era quem merecia o destaque.

Em suma, por mais que CPD tenha pecado mais uma vez em focar em só um personagem, o décimo quarto episódio da série esta muito bom, e acho que, agora, a produção pode dar um plot para outro personagem que não seja o da Sophia Bush.
Uma coisa que sempre me agrada bastante é ver as várias facetas que Hank Voight nos apresenta, acho extremamente fofo o carinho e o cuidado que ele tem com a Lindsay e mesmo ela não entendendo a atitude dele, gostei muito desse cuidado em forma de chefe que ele teve com ela. 

E antes de terminar essa review, quero apenas fazer um adendo: Por favor, com quem é que falamos para Olivia Benson e Hank Voight começar um relacionamento amoroso? Sério, estou apaixonada por esses dois e por como ele é gentil com a Tenente. Primeiro eles saem para beber, depois ele elogia o sorriso dela e agora, neste episódio, ele diz que queria ter ela mais vezes em Chicago e que ela seria muito boa com a Erin, posso com esse homem? ~Também acho que Voight seria muito bom para Noah (Noah é o filho da Tenente, gente). Por favor, produção, faça esse casal acontecer.


PS.1. Achei que havia superado a morte da Nádia. Não superei, percebi que a ausência dela ainda doía e doía muito. 
PS.2. Por favor, que CPD dê mais foco ao casal Burzek, quero ver o Adam sofrendo pela Burgess enquanto ela diva no trabalho. 
PS.3. Alguém sabe por onde anda a filha do Al? Precisamos, urgentemente, que deem mais foco aos outros personagens e plots.

Esse texto foi escrito por: Vittória Crispim
FACEBOOK: /SeriesEmFocoWeb
TWITTER: @SeriesEmFocoWeb
INSTAGRAM: @SeriesEmFocoWeb

Comentário(s)
0 Comentário(s)