Chicago Fire - S04E12 - Not Everyone Makes It

Por Vittoria Crispim

1 de fevereiro de 2016

 SPOILERS ABAIXO

Ensaiei algumas vezes para escrever esta review e tive que assistir o episódio mais de uma vez para entender o que deveria escrever sobre ele. Até então não havia decidido se tinha gostado ou não do episódio, estou meio na dúvida ainda, para falar a verdade. Continuem lendo que explicarei para vocês o porquê dessa indecisão.

Essa temporada não esta ruim, não está. Entretanto está um pouco diferente das anteriores e como é de costume, sempre ficamos um pouco receosos com o novo. Sendo assim, a cada novo episódio que saí do padrão devemos sempre fazer uma análise a fundo sobre o que nos é apresentado, por isso depois de assistir o episódio pela segunda vez, consegui desenvolver um pouco a minha análise. Vamos a ela:

O episódio anterior, como já havia comentado, foi carregado de arcos para dar continuidade nos que vinham a seguir e em Not Everyone Makes It foi exatamente isso que aconteceu. Para alguns personagens foi continuidade e para outros, página encerrada.

O drama central estava na história do Herrmann, Cruz e Freddie. Chegou o dia "D" para os 3 e, claramente, nenhum deles estavam preparados para isso. Herrmann que ainda não estava totalmente recuperado do acidente (não físico e sim emocional) teria que depor contra o Freddie e  antes que isso acontecesse teve a surpresa ao ser chamado na prisão para uma conversa particular que mudaria sua atitude e seu pensamento em relação ao garoto que o esfaqueou.

Sempre que pode, a produção apela para o lado emocional de Christopher e sempre que isso acontece temos um verdadeiro show na tela do David Eigenberg. Em uma só cena, Herrmann se livrou de todos os fantasmas que assombravam os três envolvidos. Em uma só cena, Herrmann conseguiu fazer todo mundo chorar e se lembrar o porque ele é o tão querido do 51. 
Nas duas vezes que tive que assistir ao episódio, esta, de longe, foi a minha cena preferida. Faz quatro anos sou fã desse bombeiro e nos quatro anos ainda consigo me impressionar e me comover com o coração bondoso dele.

Fora a bela atuação do David e sua bela história como Christopher Herrmann tivemos também a história da Chili e seus dramas com a irmã morta. Não me entendam mal, não acho que seja pouco o que a paramédica esta passando, mas de tanto que os produtores demoraram pra desenvolver o plot pra ela, essa história, esse sofrimento todo, não desce. De novo, peço perdão ao adeptos da Chili, mas ela é uma personagem que não faz a menor falta na história e por mais que tentam mostrar o seu sofrimento, a sua rebeldia e logo depois ela tentando se curar (como na conversa forçada que a Dawson teve com ela e depois ela se desculpando com a bombeira e a Brett) é uma história que não convence e uma personagem bemmm fraca perto da fortaleza que Chicago Fire tem com seus personagens.


Tirando a bela história do Herrmann, Cruz e Freddie e a história (não tão bela assim) da Chili, tivemos uma amostra um pouco maior do que esta vindo para Kelly Severide. Em pouco tempo o tenente conseguiu um plot novo e um rabo de saia novinho em folha também. Eu sei, eu sei, a mulherada já estava esperançosa que Sevelindo ia aquietar e se tornam o cara pra casar, afinal, em quatro anos parece que foi o tempo em que o tenente ficou mais sem mulher. Sinto em informar mulheres, Severide já esta na pista pra negócio mais uma vez e eu gostei. Fora o relacionamento amoroso, acho que teremos um belo plot com essa história da Segurança Nacional e essa fabricação de bombas. Mais uma vez, afirmo que se for bem trabalhada, teremos belas cenas e que pode até envolver toda a Chicago em um outro belo crossover. Sendo assim, é provável que CPD entre em algum momento nos próximos episódios. Aguardemos Hank Voight e sua bela voz no quartel.

E falando em Hank Voight é impossível não lembrar de um outro tenente que, digamos, não gosta tanto do Sargento quanto a gente. Vamos lá: Matt Casey.

No S04E12 foi finalmente introduzido a plot tão esperado para o tenente e a partir dele vamos ver cada vez mais o Matt envolvido com a política. Eis aqui a minha indecisão sobre ter gostado ou não: não estou tão feliz com essa mudança na história do tenente, e para ser justa já não estou contente com a história deste que foi anunciada. Acho que o namorado da Gabby Dawson está procurando mais problemas para resolver. E também estou com medo do final não ser tão agradável e favorável quanto estão planejando.


Pelo que foi apresentado até agora não há muito a se comentar sobre isso, até porque não foi muito explorado ainda, mas podemos dizer que o tenente foi bem inocente ao acreditar no vereador. Sério mesmo que ele não percebeu que estava sendo usado para arrecadar dinheiro? Inocência a essa altura do campeonato não dá né?!

Mas como nem só de inocência vive Matt Casey, foi muito bonito ver a conversa dele com o menino que perdeu o pai. Casey tem um senso de justiça impressionante, toda a história dele se desenvolverá devido ao menino e sua mãe grávida. Fico a pensar se isso influenciará no seu relacionamento com a Dawson, afinal, faz pouco mais de dois meses que a bombeira perdeu um filho do tenente. Veremos.

Como de costume, sempre temos a parte cômica do episódio, faça chuva ou faça sol, e desde o anterior é a mesma: Dawson x Otis x O Bigode. Continua tão engraçado quanto no episódio passado, a pobre da Dawson foi demitida da sua função de repaginar o bombeiro e agora ele esta colhendo bons frutos do que a Dawson já fez por ele. Achei fofo a conversa dos dois e depois ele mandando ela pensar sobre o que ele havia dito e ela foi lá e pensou mesmo. Sempre gosto de ver a amizade da Gabby Dawson com os meninos do batalhão 51. Seja do Comandante ao Cadete. Espero que continuem investindo mais nesta amizade dos dois, Otis e Gabby.

Ao final da analise, decidi: O episódio não é o meu preferido da temporada, mas não é um mal episódio. E vocês? O que acharam dele?

PS.1. Cadê Dawsey? Cadê Dawsey? Falei que não ia mais reclamar disso, mas não ta dando gente.
PS.2. To começando a me acostumar com a historia do Otis com a Brett. O menino merece vai!!

Esse texto foi escrito por: Vittória Crispim
FACEBOOK: /SeriesEmFocoWeb
TWITTER: @SeriesEmFocoWeb
INSTAGRAM: @SeriesEmFocoWeb

Comentário(s)
0 Comentário(s)