Arrow - S04E08 – Legends of Yesterday

Por Ana Clara Rodrigues

7 de dezembro de 2015

SPOILERS ABAIXO
Depois da terceira temporada, com alguns episódios desnecessários e tediosos, eu realmente estava bem frustrada com Arrow. A quarta temporada chegou me surpreendendo nos ocorridos e esse crossover de Flash, assim como os outros, foi definitivamente prazeroso de assistir!

Esse episódio foi a continuação do crossover de Flash (“Legends of Today”) – quem não assistiu ou quer saber o que rolou, deem uma olhada na review, muito bem escrita, aqui no site! Em todos os momentos tivemos cenas ótimas com a participação de todos os personagens – vilões e heróis. Claro que eu fiquei frustrada com a breve ação de Laurel e Diggle – e até da Felicity, e com o rápido desfecho dos acontecimentos. Porém, eu entendo que os desenvolvedores e escritores queriam incluir todos e finalmente fechar, e iniciar o destino da nova série, Legends of Tomorrow – só de escrever eu me arrepio! Com esse ciclo fechado, posso afirmar que agora os personagens de Arrow terão mais foco e desenvolvimento – algo que já estava ocorrendo no início dessa temporada.

Os espectadores conseguiram conhecer o passado de Kendra e Carter, que a meu ver foi bem construído, embora eu não goste do Carter. Além disso, Ollie descobre que seu filho, que segundo sua mãe foi abortado, está vivo. O que mais me entristeceu, foi o fato dele ter mentido para uma das pessoas mais importantes na vida do arqueiro: Felicity. Oliver sempre odiou mentiras e, agora, está fazendo algo que sempre contestou. Bem, obviamente a nossa querida Feli vai descobrir – algo que já havia ocorrido no passado\futuro que Flash alterou para salvar o destino de todos, pra mim isso foi mais uma inclusão de drama para prejudicar o casal. Além disso, houve referências ao filme The Avengers nesse crossover, que estão inclusos na ida à fazenda para os heróis treinarem e se refugiarem e, por consequência, na fala clássica de Thea no início do episódio.
O final foi realmente cheio de adrenalina com as lutas dos nossos heróis contra Vandal, o grande vilão de Legends of Tomorrow. O desfecho foi bom, posso dizer isso sem dúvidas, eles planejaram com inteligência todas as ações para combater o inimigo – mesmo com os erros corrigidos, depois, por Flash e Ollie. Os dois únicos pontos fracos foram:  a pouca ação de Laurel, Thea e Diggle e a milagrosa recuperação de Flash – que estava debilitado e fraco. Mas eu já expliquei o porquê disso e, querendo ou não, eu acabo aceitando os fatos. E, de brinde, rolou abraço entre Oliver e Barry (eu chorei de felicidade, pois os dois são muito fofos, gente)!

Fechamos esse crossover com o querido Malcolm, sempre fazendo algo insano e ambicioso, pois , aceitem, é a sua realidade, recolhendo as cinzas de Vandal. É nítido que esse vilão retornará e será nas mãos do senhor da Liga dos Assassinos.

Ao meio de risos, choros, brigas, flechas e alta velocidade, posso dizer que tivemos um crossover realmente recheado e gostoso de assistir. 


Esse texto foi escrito por: Ana Clara Rodrigues
Comentário(s)
0 Comentário(s)