Fear The Walking Dead - S01E06 - The Good Man

Por Bruno Ganem

21 de outubro de 2015


SPOILERS ABAIXO
E demorou, mas chegou

Parafraseando o cantor Edson Gomes, começo a review pedindo sinceras desculpas pelo atraso monumental da season finale de Fear.

Antes de assistir o último episódio da temporada, me deparei com a notícia de que no próximo ano a série vai ter incríveis 15 episódios, admito que estou preocupado, vai ser muito difícil manterem um nível de qualidade com esse salto gigantesco. Rectify, da Sundance TV até se Arriscou com 10 episódios na segunda temporada, mas logo voltaram atrás e reduziram para seis no terceiro ano, séries essencialmente de drama pedem menos menos tempo no ar, FTWD não está respeitando isso. Vale citar também a forma gradativa como The Walking Dead aumentou o número de episódios,no caso de Fear, oito episódios seriam mais do que perfeitos, pois daria tempo de explorar as relações interpessoais e a questão da sobrevivência.

Sobre o episódio, fiquei muito surpreso com o desenvolvimento da trama, tudo progrediu consideravelmente, o exército foi embora, diversas famílias ficaram a beira do caos, as cenas de ação sempre tão renegadas deram finalmente as caras, e o melhor, os errantes apareceram pra valer.

Temos que elogiar também a forma como tudo foi inserido, na medida certa, até as mudanças de personalidade e atitude dos personagens aconteceram de forma natural, a impressão é de que todos acordaram e perceberam que na verdade é cada um por si e Deus contra todos.

De todas as mudanças, a mais importante foi a de Travis, quando menos imaginávamos o líder decidiu agir e proteger todos ao redor, as cenas com Andy ilustrou bem essa mudança, e tudo soou natural, apenas torcendo para ele ser o novo bad-ass do mundo das séries. Aproveito o ensejo e deixo bem claro a minha torcida para que melhores personagens nos sejam apresentados, nesse aspecto TWD ganha de goleada, todos lá rapidamente caem nas graças no espectador.

E como tudo na vida não são flores, infelizmente não vimos a queda e degradação de Los Angeles, muito decepcionante, também o fato de terem deixado entrelinhas sobre como os walkers dominaram tudo não ficou legal. Para falar a verdade, a série se aproximou muito de The Walking Dead nesse encerramento de temporada, o que me deixa confuso, pois esperava desdobramentos mais caprichados, com mais rodeios, exatamente como prometeram.

Devido ao fato da season finale ter sido exibida há um tempinho, sinto que posso falar da morte de Liza, foi algo necessário, as vezes é a melhor alternativa encontrada para nos despertar os diversos sentimentos, Vale salientar, que a forma como executaram e repercutiram isso na série foi digno de aplausos.

O saldo da temporada foi positivo, mas poderia ter sido muito melhor, a série perdeu tempo desenvolvendo coisas irrelevantes, a falta de "acabamento" em alguns momentos incomodou, mas é necessário concordar que muita coisa melhorou na produção em relação a série mãe. Agora nos restam esperar o próximo ano.
Por: Bruno Ganem


Comentário(s)
0 Comentário(s)