Primeiras Impressões - Fear the Walking Dead

Por Bruno Ganem

12 de setembro de 2015

SPOILERS ABAIXO
Acompanho The Walking Dead desde o começo, as 3 primeiras temporadas na minha opinião são incríveis, pois tem muita ação e os diálogos acontecem na medida certa, era um grande prazer assistir a série. Na 4° temporada, a meu ver, a trama caiu vertiginosamente de qualidade, era muita prosa e pouca ação, o típico caso do trash querendo ser cult, com isso, era aplicada muitas vezes uma filosofia barata, que deixava a série ruim e arrastada. Até hoje eu não entendo a necessidade dos produtores e redatores em querer dar ainda mais profundidade a uma coisa que já tinha, e aos montes.

Na 5° temporada, TWD melhora bastante, a série volta a introduzir cenas fortes e deixa o papinho meio que de lado, o que é perfeito, pelo simples fato de que a série conquistou fãs e admiradores justamente por causa dessa fórmula, sem falar que é muito mais condizente com o ambiente, afinal, é uma série com zumbis, no apocalipse e com pessoas sem escrúpulos espalhadas por todos os cantos.
Quando anunciaram Fear The Walking Dead, eu esperava justamente que a série fosse abordar os personagens, mostrando as suas histórias e rotinas até a explosão do apocalipse, e foi exatamente isso que aconteceu, um grande acerto do seriado, mas os mesmos erros de roteiro da série mãe aconteceram no “spin-off”, deixando os personagens desinteressantes e a trama um pouco chata, lembrando bastante a 4° temporada de TWD, mas nesse caso, valeu a intenção.

Uma das expectativas do público era saber a origem e a causa desse fenômeno, que é o das pessoas ressurgirem como zumbis após a morte, mas pelo andar da série isso não vai acontecer, penso também que nem deveriam fazer isso, pois uma simples revelação poderia atrapalhar e fragilizar The Walking Dead, ou colocar alguma cena em contradição.
Finalizando, digo que o primeiro episódio da série não foi muito empolgante, mas se mostrou promissora, vai ser bastante interessante ver a “explosão zumbi” e como foi a reação das pessoas presenciando essa bizarrice, outra curiosidade é ver a forma como a população foi sendo gradativamente dizimada, são muitas as questões em aberto.

Fear é uma série que precisa ser diferente de The Walking Dead, TWD é a sobrevivência na essência, Fear precisa tomar outros rumos, se distanciar da série que a originou, além disso, seria interessante nos apresentarem outros personagens que de alguma forma estimule o público a continuar assistindo, pois não nos interessamos por pessoas que não despertam nada na gente.


OBS¹: Em muitos momentos você vai se perguntar, estou realmente assistindo a uma série com zumbis? Cadê eles? 
OBS²: A narrativa é bem diferente, lembrando muitas séries médicas e policiais.
Por: Bruno Ganem
Comentário(s)
0 Comentário(s)